Professores decidem em assembleia geral no dia 20 se aceitam reajustes aprovados por deputados - Fato Amazônico

Professores decidem em assembleia geral no dia 20 se aceitam reajustes aprovados por deputados

Os três projetos referentes aos trabalhadores da Secretaria de Educação do Amazonas (Seduc) aprovados na Assembleia Legislativa do Estado no final da manhã desta quinta-feira em Manaus: reajuste salarial imediato de 5,67%, outro reajuste de salário em mais 4,33% para janeiro de 2015 e aumento do vale alimentação, serão votados na próxima terça-feira (20) em assembleia geral pela Associação dos Professores de Manaus (Asprom), na Arena Amadeu Teixeira.

A informação é do professor Lambert Melo, afirmando que será a Assembleia Geral, que os mais de mil associados da Asprom, decidirão se aceitam as propostas aprovadas hoje pelos deputados.

Na votação de ontem teve muita confusão entre professores do sindicato e da associação

“Tivemos algumas vitórias em nossa luta. Não poderíamos deixar as prospotas enviadas pelo governador passar sem nenhuma emenda e com o apoio desse sindicato pelego”, disse Lambert, mas deixou claro que os associados que irão decidir na assembleia geral de terça-feira se aceitam o que foi aprovada na Assembleia.