Projeto de Cidadania Ambiental do TJAM vence premiação Nacional de Qualidade do Poder Judiciário - Fato Amazônico




Projeto de Cidadania Ambiental do TJAM vence premiação Nacional de Qualidade do Poder Judiciário

A XII Mostra Nacional dos Trabalhos da Qualidade, realizada em Manaus nos últimos dois dias (13 e 14.11), foi encerrada com a escolha dos melhores trabalhos nas diversas categorias do evento e o projeto do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) – “Os Espaços de Cidadania Ambiental e a Promoção da Sustentabilidade na Capital Amazonense” -, foi o vencedor no item “Gestão Socioambiental”.

O trabalho foi apresentado pelo juiz auxiliar da Presidência Adalberto Carim Antonio. “Esse foi um reconhecimento importante ao trabalho desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Amazonas na área ambiental e que serve de exemplo para todos os servidores e magistrados brasileiros, além de servir como um importante alerta para a defesa do meio ambiente”, destacou o magistrado, ressaltando que o TJAM já havia conquistado premiação em outra edição da Mostra, em 2001, na gestão da desembargadora Marinildes Mendonça, com um trabalho também na área ambiental.

A Mostra Nacional dos Trabalhos da Qualidade premiou os melhores em cada categoria. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) ganhou destaque com o “Metodologia de Gestão à Vista Acessível para Deficiente Visual”.

Entre os trabalhos de Gestão de Pessoas foi escolhido o projeto “Avaliação de Desempenho com Foco em Competências”, do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA).

Em Gestão de Processos, o escolhido foi "Projeto Jusprev de Descentralização de Cálculos Judiciais Previdenciários", do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS).

Na área de Gestão Estratégica, o “Projeto de Redução de Demanda na Central de Mandatos através da Ferramenta Carta AR Digital”, também do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), foi escolhido como o melhor da categoria.

O projeto "Consultas Virtuais de Apoio/Reforço", do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS), foi classificado como melhor trabalho de Tecnologia da Informação.

O evento contou com os 17 melhores projetos escolhidos entre centenas de experiências de todo o Brasil.