Projeto Nosso Espaço Verde encerra temporada deste ano com aprovação dos participantes - Fato Amazônico




Projeto Nosso Espaço Verde encerra temporada deste ano com aprovação dos participantes

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) encerrou no último sábado, a temporada deste ano do Projeto Nosso Espaço Verde (NEV). O projeto tem como finalidade fomentar a visitação pública às áreas protegidas municipais, levando escolas e associações comunitárias a conhecerem esses espaços. Somente este ano, durante as dez edições realizadas, foram atendidas 1.702 pessoas, entre estudantes e comunitários integrantes de grupos de idosos e associações de moradores de todas as zonas da cidade. Uma pesquisa junto aos participantes revelou que pelo menos 67% dos entrevistados não conheciam os espaços visitados e que tiveram o primeiro contato por meio do projeto. A grande maioria (99%) confirmou o desejo de voltar a visitar o local. Foram feitas entrevistas com 800 participantes.

Os locais visitados pelo projeto este ano foram Parque do Mindu, Parque Lagoa do Japiim, Parque Cidade da Criança, Jardim Botânico Adolpho Ducke e Parque dos Bilhares. O NEV foi utilizado como referência também para a criação de um projeto no Parque Natural Municipal de São Luiz de Tolosa, no Paraná. De acordo com a chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Denize Caranhas, além de proporcionar os roteiros, o projeto permite também a integração entre as instituições parceiras. Participam do projeto secretarias municipais de Educação (Semed), Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp), Saúde (Semsa), da Juventude (Semdej), Manaustrans, Manaus Ambiental, ONGs Lixo e Cidadania, Pata, Gaviam e a Universidade Nilton Lins.

Foram contemplados pelo projeto moradores dos bairros Grande Vitória, Bairro da Paz, Cidade Nova, Amazonino Mendes, Puraquequara, Manoa, Santa Etelvina, Alvorada, Parque Dez, Bairro da União, Flores, Nova Cidade, Colônia Santo Antonio, Educandos, entre outros. Na edição do último sábado, o projeto contou com as apresentações do grupo de teatro Garis da Alegria, da Semulsp, e do Coral do Centro de Convivência do Idoso do Alvorada.