PSL de Massami Miki tem contas reprovadas pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas - Fato Amazônico

PSL de Massami Miki tem contas reprovadas pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas

O Partido Social Liberal, do vereador Massami Mike, teve sua prestação de contas anual exercício 2009, desaprovadas pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, ontem à noite. O PSL, ainda terá de recolher cerca de R$ 20 mil ao Fundo Partidário, recebido de maneira indevida e teve suspensas as cotas do Fundo Partidário por um ano.

De acordo com oi relator da matéria, juiz Victor André Liuzzi Gomes, acompanhado em unanimidade pela Corte, foram desaprovadas por ausência de peças obrigatórias da prestação de contas: Comprovantes de depósitos de transferências efetuadas ao Diretório Nacional do PSL, ausência de documentos comprobatórios das despesas relacionadas à locação de bens imóveis, taxas de condomínio, energia elétrica, telecomunicações; ausência de identificação de doadores nos depósitos bancários e arrecadações provenientes de fonte vedada.

Liuzzi disse ainda que “deve a suspensão ficar no patamar máximo, em face do grande volume dos recursos arrecadados ser proveniente de fonte vedada”.

O Ministério Público e a Coordenadoria de Controle Interno do Tribunal Regional Eleitoral, também emitiram parecer pela desaprovação das contas do partido.