Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Coreia do Norte qualificou de “lamentável” a atitude dos Estados Unidos durante as conversas mantidas até ontem (7) em Pyongyang sobre a desnuclearização, em comunicado do Ministério de Relações Exteriores divulgados pela agência “KCNA”.

O regime norte-coreano esperava de Washington “medidas construtivas para ajudar a construir confiança” após a histórica cúpula de junho em Singapura, mas a atitude dos Estados Unidos demandando sua desnuclearização “unilateral e forçada” foi “lamentável”, acrescentou a nota.

A Coreia do Norte reiterou seu pedido de um desarmamento “gradual”, alegando que seria o mais rápido para conseguir a desnuclearização da península coreana e rejeitou as exigências dos EUA, que acusou de ser “similares às de um ladrão” e ir “contra o espírito da cúpula”, na qual seus líderes mostraram boa sintonia.

“Seria um caminho mais curto para a desnuclearização romper com valor os métodos fracassados do passado, impulsionar novas aproximações e tentar resolver os problemas um por um, se baseando em um princípio de confiança e sincronismo”, expôs.

O regime rotulou o resultado das recentes conversas de “preocupante” e disse que não serviram para fortalecer a confiança entre ambas as partes, mas para “encarar uma fase perigosa na qual a nossa vontade de desnuclearização poderia cambalear”.

O ministério norte-coreano se referiu às expectativas geradas na comunidade internacional após a cúpula de Singapura e, apesar das críticas por tentar fazer “imposições obsoletas”, afirmou que “ainda temos fé no presidente (dos Estados Unidos, Donald) Trump”.

Os comentários da Coreia do Norte ocorrem horas depois que o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, encerrou uma viagem de dois dias a Pyongyang para concretizar o roteiro da desnuclearização.

Pompeo está em Tóquio, onde se reunirá emo domingo com o seu homólogo japonês e sul-coreana, Taro Kono e Kang Kyung-wha, para analisar os resultados da viagem. (Agência EFE)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •