O processo de discipulado, descrito pela Bíblia, não se resume a atrair pessoas ao evangelho. Tem a ver com o acompanhamento, aprendizado constante e relacionamento entre as pessoas. Um dos maiores desafios de qualquer organização, especialmente as igrejas, é, portanto, fazer com que seus membros continuem entusiasmados na fé depois de uma vez tomada a decisão de seguir a Cristo e os ensinos. A Rádio Mundial Adventista (Adventist World Radio ou RMA) dá um passo neste processo. Em março, vai inaugurar o primeiro centro de evangelismo digital, em Manilla, capital de Filipinas.

Na prática, é uma estrutura criada para atender a pessoas e estabelecer relacionamentos com quem entra em contato com conteúdos produzidos pela RMA das mais diferentes formas. A previsão é ter, em um prazo de dois anos, 50 missionários dedicados exclusivamente para oferecer atenção diária a quem busca respostas bíblicas, aconselhamento ou orientação para seguir a fé cristã. Em maio deste ano, 12 deverão se unir aos cinco existentes e serão os primeiros a realizar o diferenciado trabalho.

O vice-presidente da RMA, Kyle Allen, ressalta que o centro de Filipinas é o primeiro de um projeto maior. Sistema semelhante, de atendimento a interessados que assistem a conteúdos e se comunicam por redes sociais,  já é adotado, há alguns anos, pela Rede Novo Tempo de Comunicação e a sede sul-americana adventista.

A ideia da Rádio Mundial Adventista é estabelecer, até o final de 2020, outros quatro novos centros na Europa, América Central, Estados Unidos e África do Sul. Os missionários responsáveis pelo atendimento passam por uma capacitação que envolve contextualização cultural. Isso porque a abordagem com pessoas de diferentes países exige um entendimento sobre qual a melhor forma de dialogar com pessoas de diferentes etnias, matrizes religiosas e contextos geopolíticos.

(Notícias Adventistas)