Resgatar o parto natural é a meta defendida pela Susam nos 10 anos da Ana Braga - Fato Amazônico

Resgatar o parto natural é a meta defendida pela Susam nos 10 anos da Ana Braga

“As mulheres não engravidam para fazer cirurgia. Elas engravidam para a criança nascer de parto normal. E essa é a nossa meta: resgatar essa cultura aqui no Amazonas”, disse o secretário de saúde do Estado, Wilson Alecrim, sobre a principal meta para os próximos anos da Maternidade Ana Braga, que completou neste sábado, 10 de maio, dez anos de existência.

Uma missa foi celebrada para os funcionários e pacientes da instituição. A programação de aniversário se estende até a próxima sexta-feira, dia 16, com oficinas, palestras e workshop na própria maternidade (alameda Cosme Ferreira, s/nº, São José I, zona leste).

A Ana Braga é a maior da rede estadual de saúde credenciada como Hospital Amigo da Criança, título concedido pelo Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). Dados oficiais da Secretaria de Estado da Saúde (Susam) dão conta de que a unidade realiza uma média de 800 partos por mês, somando em torno de 9.600 partos por ano.

“Podemos dizer que a Ana Braga ajudou a dar a vida a milhares e milhares de pessoas que vivem no amazonas”, observou Alecrim, ao acrescentar que, como servidor da saúde do Amazonas, acompanhou o surgimento da maternidade. “Desde que a Ana Braga foi construída eu pude acompanhar um processo de evolução seja por investimento em equipamentos, estrutura física ou de pessoal”, comentou.

Parto humanizado

Desde 2012 A Susam vem intensificado suas ações para fortalecer o aleitamento materno, o que ajudou no credenciamento do título Amigo da Criança. Além disso, existe uma política de estimular as mães a realizarem o parto natural.

Programação de aniversário – A maioria das atividades de comemoração dos 10 anos da Maternidade Ana Braga está programada para acontecer a partir das 9h, no auditório e no estacionamento da unidade. No domingo (11), no mesmo local e horário, será encenada a peça teatral “De Salto Alto”, com a companhia Artcena. O espetáculo conta a história de três mulheres em três fases diferentes da vida. As personagens passam a ver os pontos positivos e negativos na vida uma das outras. O evento é aberto ao público externo.

Na segunda e terça-feira (12 e 13), acontecerá a 10ª Semana de Enfermagem, com o tema “Valorização da Saúde do Trabalhador Visando à Melhoria no Cuidado Multiprofissional”. Serão diversas palestras voltadas para a equipe de enfermagem e demais profissionais da Maternidade. Os temas das palestras são “Saúde do Trabalhador”, “Biossegurança”, “Saúde Íntima da Mulher” e “Atribuições do Serviço Social na Área da Saúde”.

Além das palestras, na quarta-feira (14), das 8h às 12h, também no auditório, será realizada a “Oficina de Atualização de Urgência e Emergência durante o Trabalho de Parto”. Nos dias 15 e 16, acontecerá o workshop “Coaching”, com a master coach, Cintia Seabra, certificada internacionalmente pelo Behavioral Coaching Institute (BCI) e que também é diretora comercial da Seabra Coaching, que realiza treinamentos, cursos, workshops e palestras com foco em resultados e melhora de performance. Cintia Seabra participou de pesquisas inéditas no Brasil na Universidade de São Paulo (USP), que tiveram grande repercussão internacional com artigos em revistas nacionais e internacionais.

Atividades no estacionamento – De segunda a sexta-feira (12 a 16), serão oferecidos, no estacionamento da Maternidade, diversos serviços de orientação para a população em geral, por meio da Unidade Móvel de Acolhimento à Mulher da Secretaria Executiva de Políticas para Mulheres (SEPM), órgão subordinado à Casa Civil do Governo do Estado, e do ônibus da Justiça Itinerante do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM).

O Ônibus da Mulher da SEPM possui dois gabinetes, sendo um da Delegacia da Mulher e outro de Atendimento Psicossocial. Além disso, será feita a panfletagem dos serviços de atenção à mulher e da Lei Maria da Pena. O horário de atendimento será das 9h às 15h.

O Ônibus da Justiça Itinerante dispõe dos seguintes serviços: divórcio consensual; reconhecimento de paternidade; pensão alimentícia; danos materiais; ação do não cumprimento de locação de imóvel; ação de não recebimento de dívida; regularização do direito de visitar o filho mediante o acordo; e demais obrigações. O horário de funcionamento será das 8h às 14h.

Ações nas escolas estaduais

A programação especial da Maternidade Ana Braga não se resume apenas dentro da unidade de saúde. De 13 a 16, em parceria com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas), a Maternidade levará uma atividade cultural para as escolas estaduais da zona Leste, apresentado o tema “Gravidez na Adolescência” com o apoio do Grupo de Teatro da Casa Mamãe Margarida, instituição social que abriga meninas em situação de risco social.