Ricardo Nicolau solicita reforma de hospital e tratamento de água para Boca do Acre - Fato Amazônico

Ricardo Nicolau solicita reforma de hospital e tratamento de água para Boca do Acre

O deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD) fez um balanço de sua primeira viagem ao município Boca do Acre (a 1.028 quilômetros da capital) feita no início da semana. Entre os tópicos abordados nesta quinta-feira, 20 de março, o parlamentar informou que solicitará a reforma do hospital local, além de propor uma mobilização pelo tratamento da água do município.

Ricardo Nicolau, que preside da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), visitou o hospital de Boca do Acre, que não é reformado desde que foi inaugurado em 2009. A unidade também atende à população de Pauini, município distante 923 quilômetros de Manaus.

Além de pleitear, via requerimento, a reforma de instalações físicas com a Secretaria de Estado da Saúde (Susam), o parlamentar está pedindo a aquisição de novos aparelhos laboratoriais. Os equipamentos em uso no hospital estão defasados para a realização de diversos exames, como hemograma.

Água –Sobre a água que abastece as residências de Boca do Acre, o deputado Ricardo Nicolau expressou preocupação com a baixa qualidade do líquido distribuído, totalmente fora dos padrões sanitários. O resultado, conforme o parlamentar apurou, são os altos índices de hepatite A no município.

O parlamentar propôs uma mobilização junto à Comissão de Recursos Hídricos da Aleam com o objetivo de averiguar o problema. “Fiquei impressionado quando eu abri a torneira e não veio água, veio lama. Água é vida e a população de Boca do Acre não pode continuar a viver com uma água de péssima qualidade”, relatou.

Enchente –Ao verificarin locoa situação das áreas de Boca do Acre já isoladas pela enchente, o deputado Ricardo Nicolau pedirá ao Governo do Estado rapidez na tomada de ações emergenciais. “Estamos entrando com uma solicitação para que seja agilizada a entrega do cartão SOS Enchente”, informou.

Boca do Acre foi o primeiro município amazonense a decretar estado de emergência este ano por conta da subida nos níveis dos rios Madeira e Purus.

INSS –O presidente da Comissão de Saúde também esteve na agência local do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), onde foi informado do déficit de médicos peritos. Ricardo Nicolau destacou a importância dos profissionais na ampliação dos benefícios previdenciários, o que impacta diretamente na economia da região.