Rodoviários suspendem catraca livre nos ônibus em Manaus nesta quarta-feira - Fato Amazônico

Rodoviários suspendem catraca livre nos ônibus em Manaus nesta quarta-feira

A decisão do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM) divulgada de que a partir das 4h da manhã desta quarta-feira (23), em Manaus, haveria catraca livre nos ônibus, foi suspensa. A decisão de suspender o movimento grevista veio depois de uma reunião entre os sindicalistas, o prefeito Arthur Neto e o diretor-presidente da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho.

A afirmação à tarde do presidente do sindicato Givancir Araújo, de que a proposta do Sinetran era “vergonhosa e incabível”, mas eles estavam abertos para negociar com a prefeitura e a negociação ocorreu ainda ontem no final da noite em reunião fechada com Arthur Neto, que para evitar a greve chamou os sindicalistas para convsersar.

Uma nova reunião está marcada para esta quarta-feira, onde serão discutidas a questão da Participação nos Lucros e Resultados (PRL). De acordo com o prefeito, os dirigentes do Sindicato dos Rodoviários decidiram rever a situação e acataram as propostas apresentadas, ainda pela manhã, durante reunião na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT). A proposta prevê o reajuste salarial de 6%, reajuste da cesta básica para R$ 195 e mais 10% no tíquete refeição e no lanche.

“O que não queremos é ver a cidade parada. Queremos a cidade funcionando. Tudo é resultado de uma longa negociação e os trabalhadores vieram de coração aberto e entramos em um entendimento bom para todos nós. Nesta quarta-feira, teremos mais uma reunião e cremos que a outra parte também honrará com seu compromisso”, destacou.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givanci Oliveira, garantiu que toda frota vai estar nas ruas, nos horários determinados e que não haverá nenhum tipo de paralisação. “As negociações começaram a avançar e é um compromisso nosso que toda a frota estará nas ruas”, garantiu.

Segundo o diretor-presidente da SMTU, Pedro Carvalho, a reunião está marcada para esta quarta-feira, com representantes da prefeitura e dos dois sindicatos. A ideia é debater sobre a PRL. O secretário Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno (Semef), Ulisses Tapajós, também deve participar da reunião.