Rubro-Negro derrotou o Gigante da Colina por 6 a 3 diante de arquibancadas lotadas. Vila Velha elimina Botafogo e vai à semi. Sport também segue no torneio - Fato Amazônico

Rubro-Negro derrotou o Gigante da Colina por 6 a 3 diante de arquibancadas lotadas. Vila Velha elimina Botafogo e vai à semi. Sport também segue no torneio

Manaus (AM) – Definidos os confrontos de semifinais da IV Copa Brasil Manaus 2014, competição que está sendo disputada na arena montada no Complexo Turístico da Ponta Negra (Avenida Coronel Teixeira, próxima ao Anfiteatro). Pela terceira e última rodada da fase de classificação, disputada na noite desta sexta-feira, dia 28, quatro jogos levantaram o público que lotou as arquibancadas, com destaque para o ‘Clássico dos Milhões’, entre Flamengo e Vasco da Gama. Melhor para o Rubro-Negro, que venceu por 6 a 3 (gols de Digo Gama (2), André (2), Bruno Xavier e Léo, para o Flamengo, Bokinha (2) e Igor Salles, para os vascaínos), e garantiu o primeiro lugar do Grupo A, enfrentando o Sport Recife (PE), primeiro da chave B, confronto que vale uma vaga na decisão do campeonato – reeditando a final de 2013. Na outra semifinal, o Vasco da Gama, vice-líder do Grupo A, vai medir forças com o Vila Velha (ES), líder da chave C, definindo o outro finalista. Destaque da vitória sobre o arqui-rival, Digo Gama, filho do ‘Maestro’ Júnior, valorizou a vitória e exaltou a presença da ‘Nação’ à arena.

– É sempre bom jogar esse tipo de jogo, ainda mais vencendo um adversário como o Vasco. É um clássico, motiva a todo mundo pela rivalidade, tem um clima mágico. É especial jogar aqui em Manaus, ver o quanto a torcida rubro-negra é grande e presente em todo o país – afirmou o camisa 6.

– Temos que aprender com os erros que cometemos, não errar de novo. Agora é esquecer essa derrota e pensar na semifinal. Temos um objetivo aqui, que é o título, e precisamos vencer a semifinal para seguir em busca do bicampeonato – resumiu o defensor Bueno, um dos mais experientes do time vascaíno.

FLAMENGO 6 x 3 VASCO DA GAMA

Não valia apenas o primeiro lugar e a manutenção da invencibilidade no campeonato. Valia mais, estava em jogo uma rivalidade centenária. Espétaculo das torcidas, que gritavam a plenos pulmões, o ‘Clássico dos Milhões’ começou com o Flamengo dando o primeiro grito de gol com Léo, completando passe de André: 1 a 0, aos 1’27". O goleiro Cesinha quase empatou em seguida. Jogo nervoso, divididas duras, defesas dando espaços e Bruno Xavier exigiu reflexos de Cesinha. Bokinha deu a resposta, de falta, levando perigo. Cesinha, mais uma vez, obrigou Ciarelli a voar para fazer uma linda defesa. Léo acertou a trave no finalzinho e a etapa inicial acabou com o Rubro-Negro em vantagem.

O melhor veio no segundo tempo. Mas o melhor para o Flamengo. Depois que Bokinha empatou pelo Vasco da Gama (2’11"), tudo deu certo para os rubro-negros. Léo passou para Rafinha que, de cabeça, achou André, livre, para estufar as redes: 2 a 1, aos 3’25". Digo, de falta, ampliou: 3 a 1, aos 6’16". Bruno Malias quase fez mais um cobrando falta, mas a bola explodiu no travessão. Bruno Xavier, também de falta, aumentou: 4 a 1, aos 8’46". E, demonstrando respeito ao Vasco, clube que defendeu por muitos anos, não comemorou. André marcou mais um num belo chute que entrou no ângulo de Cesinha: 5 a 1, aos 10’54".

Logo aos três segundos do último período, Bokinha, na saída de bola, diminuiu e fez a torcida acreditar: 5 a 2. Mas Digo, grande nome da partida, encheu o pé num chute de direita, de primeira, de longe, sem chances para Cesinha: 6 a 2, aos 1’16". O Cruzmaltino buscava forças, Léo Braga, treinador vascaíno, mexia, usava as opções no banco de reservas, e deu certo. Igor Mello disputou a bola pelo alto com Ciarelli e, na falha do goleiro rubro-negro, só empurrou para o fundo das redes: 6 a 3, aos 2’11". Cesinha acertou outro chute perigoso e Ciarelli voou para espalmar. O Vasco pressionou, o Flamengo teve tranquilidade para controlar a partida, tocar a bola e ditar o ritmo até o fim, garantindo a goleada sobre o rival.

VITÓRIA 8 (0) (3p) x (4p) (0) 8 AVAÍ

Abrindo a rodada, o Vitória (BA) decidiu, pela terceira vez no campeonato, um jogo na disputa de pênaltis. E assim como contra Flamengo e Vasco da Gama, o Rubro-Negro baiano não teve boa sorte e foi derrotado pelo Avaí (SC) por 4 a 3 nas penalidades (gols de Dunga, Zé Boca, Zia e Farinha, para os catarinenses, Danilo Buiu, Reyder e Nelito, para os baianos, com erro de Jajai), após empate em 8 a 8 no tempo normal (gols de Zé Boca (2), Dunga (2), Farinha, Coruja, Zia e Aquiles, contra, para o Avaí, Nelito (4), Reyder (3) e Danilo Buiu, para o Vitória) e 0 a 0 na prorrogação, em duelo entre equipes já sem chances de classificação à próxima fase. Este foi o primeiro triunfo do time catarinense na competição.

A IV Copa Brasil prossegue na tarde deste sábado, dia 29, com os confrontos de semifinais: Flamengo x Sport Recife (às 15h) e Vila Velha x Vasco da Gama (às 16h30min). O campeonato na capital amazonense vale ainda como II Etapa do Circuito Brasileiro (o Vasco da Gama sagrou-se campeão no torneio de abertura, em janeiro, em Vitória-ES).

BOTAFOGO 6 x 5 VILA VELHA

Ao Botafogo só interessava a vitória. E por dois gols de diferença, no tempo normal. De fora, o Sampaio Corrêa torcia por dois placares favoráveis ao Alvinegro (2 a 1 ou 1 a 0), para chegar à semifinal. Vila Velha chegaria à próxima fase com vitória e até mesmo com derrota, por um gol de diferença no tempo normal, no tempo extra ou na prorrogação. Empurrado por sua torcida, o Glorioso partiu para cima e, com grande atuação de Rodrigo Soares, que marcou quatro vezes, venceu por 6 a 5 (gols de Rodrigo Soares (4), Benjamin e Juninho, para o Botafogo, Anderson Wesley (3), Marquinhos e Leandrão, para o Vila Velha), resultado que não foi suficiente para levar o time da ‘Estrela Solitária’ à semifinal. Vila Velha classificado entre os quatro melhores do campeonato. Detalhe: a vaga veio no número de gols marcados, com empate triplo de pontos (três cada) entre capixabas (11 gols), cariocas (oito gols) e maranhenses (oito gols), e empate no saldo de gols (todos com zero).

– Caímos na chave mais difícil, o ‘Grupo da Morte’, com equipes muito fortes, como Botafogo e Sampaio Corrêa. A prova dessa equilíbrio está nos números, já que ficamos empatados nos principais critérios. Valeu a força do nosso conjunto, especialmente o nosso poder de ataque, nossa qualidade ofensiva, fizemos muitos gols e isso fez a diferença no final – destacou Buru.

MANAUS 5 x 6 SPORT RECIFE

Manaus e Sport Recife fecharam a última rodada e o vencedor garantiria a última vaga para a semifinais. Jogando em casa, enfrentando o atual vice-campeão, o time baré partiu para cima e abriu 2 a 0 (Ozu e André). Mas o ‘Leão da Ilha’ não se intimidou e chegou ao empate com gol de Kebinho e Leandrinho. Virou com outro gol de Leandrinho, fazendo 3 a 2 para os rubro-negros. O Manaus igualou o placar com Silvinho e virou, com Ozu mais uma vez. Fernando DDI empatou para a equipe pernambucana em 4 a 4. O Sport passou à frente com Filipe mas Manaus foi buscar a igualdade mais uma vez, empatando o confronto com Silvinho. Andrezinho, no final do jogo, selou a vitória rubro-negra, eliminando os donos da casa, que saíram de quadra aplaudidos.

VISITA À ARENA AMAZÔNICA

Jogadores de oito das dez equipes que participam da IV Copa Brasil Manaus 2014 participaram de uma visita à Arena Amazônia na tarde desta sexta-feira, dia 28, a convite da organização do evento (apenas Vila Velha e Botafogo não liberaram seus atletas). Estiveram presentes: Jorginho (Vasco da Gama), Maradona e Osmar ‘Ozu’ Moreira (Vila Velha), Fernando DDI (Sport Recife), Zé Boca (Avaí), Reyder (Vitória), Datinha (Sampaio Corrêa), Toinho (Fluminense) e Bruno Xavier (Flamengo). A Arena Amazônia será uma das sedes da Copa do Mundo Brasil 2014.

RETIRADA DOS INGRESSOS

A entrada da IV Copa Brasil é gratuita mediante a entrega de 1kg de alimento não-perecível, trocado pelo ingresso. As trocas podem ser feitas neste sábado, dia 29, sendo que os locais funcionarão apenas até o meio-dia. Verifique abaixo os pontos de troca:

– Casa Vhida (rua Pedro Álvares Cabral, 395, Dom Pedro I)

– Casa do Idoso São Vicente de Paula (rua Jerônimo Ribeiro, nº14, São Raimundo)

– Casa de Amparo Frei Mário Monacelli (rua Luiz Antony, nº115, Centro)

– Lar Batista Janell Doyle (rua Igarapé de Mauá, 01, Mauazinho)

– Casa Mamãe Margarida (rua Penetração, 2 – São José II)

DEMAIS RESULTADOS E OUTRAS INFORMAÇÕES

Mais informações sobre a IV Copa Brasil Manaus pelo site www.mpcrio.com e pelo Twitter @mpcrio.com.

Fotos em alta resolução à disposição para download pelo link http://www.mpcrio.com/imprensa/banco-de-imagens/?wppa-album=205&wppa-cover=0&wppa-occur=1.

Dez equipes de sete estados e quatro regiões do país estão confirmadas na competição: Flamengo (RJ), Vasco da Gama (RJ), Botafogo (RJ), Fluminense (RJ), Vila Velhense (ES), Sampaio Corrêa (MA), Avaí (SC), Sport Recife (PE), Vitória (BA), além do anfitrião Manaus EC (AM). Esta é a quarta edição do torneio que, até hoje, só viu times cariocas levantarem a taça de campeão: Flamengo (2013), Vasco da Gama (2012) e Botafogo (2011). Ao todo, são 120 jogadores, entre eles 46 atletas com passagens pela Seleção Brasileira, sendo nove campeões da Copa do Mundo FIFA. Apenas dois atletas e um treinador são bicampeões do evento: os atacantes Fred e Bruno Malias, e o técnico Gilberto Costa.

GRUPO A – Vasco da Gama (RJ), Flamengo (RJ), Avaí (SC) e Vitória (BA)

GRUPO B – Manaus EC (AM), Sport Recife (PE) e Fluminense (RJ)

GRUPO C – Botafogo (RJ), Sampaio Corrêa (MA) e Vila Velha (ES)

TABELA DA COMPETIÇÃO

1ª rodada (26.03)

Jogo 01 / GC – Sampaio Corrêa 5 x 6 Vila Velha

Jogo 02 / GA – Flamengo 3 (0) (3p) x (2p) (0) 3 Vitória

Jogo 03 / GA – Sport Recife 4 x 2 Fluminense

Jogo 04 / GB – Vasco da Gama 9 x 4 Avaí

2ª rodada (27.03)

Jogo 05 / GC – Botafogo 2 x 3 Sampaio Corrêa

Jogo 06 / GA – Vasco da Gama 3 (0) (3p) x (1p) (0) 3 Vitória

Jogo 07 / GA – Fluminense 5 x 6 Manaus EC

Jogo 08 / GB – Flamengo 9 x 3 Avaí

3ª rodada (28.03)

Jogo 09 / GA – Vitória 3 (0) (3p) x (4p) (0) 3 Avaí

Jogo 10 / GB – Botafogo 6 x 5 Vila Velha

Jogo 11 / GA – Flamengo 6 x 3 Vasco da Gama

Jogo 12 / GC – Manaus EC 5 x 6 Sport Recife

Semifinais (29.03)

Jogo 13 – 15h – Flamengo x Sport Recife

Jogo 14 – 16h30min – Vila Velha x Vasco da Gama

Final (30.03)

Jogo 15 – 8h30min – Disputa de 3º lugar – perdedor do jogo 13 x perdedor do jogo 14

Jogo 16 – 10h – Decisão – vencedor do jogo 13 x vencedor do jogo 14

* horários de Manaus (considerar o fuso horário de 1h a menos em relação à Brasília)

* ordem e horários dos jogos podem sofrer alterações por parte da organização

A IV Copa Brasil é uma realização da Semjel (Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer de Manaus), Prefeitura de Manaus e LNC Eventos Esportivos, com apoio das federações dos estados de Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Maranhão e Bahia, Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Beach Soccer Worldwide (BSWW) e FIFA. A competição tem patrocínios de Governo do Estado do Amazonas, Kaiser, Ramsons e Tim, e transmissão da TV Crítica (Rede Record).