Gazeta Esportiva – O São Paulo anunciou, na noite de domingo (11), a demissão do treinador uruguaio Diego Aguirre. A decisão foi tomada um dia após o Tricolor empatar em 1 a 1 com o Corinthians na Arena Corinthians. As partes se reunião na tarde deste domingo e, como o contrato do técnico não seria renovado, os dois lados optaram pelo término do contrato, de acordo com comunicado.

“O clube agradece ao técnico Diego Aguirre, aos auxiliares Juan Verzeri e Raul Enrique Carreras e ao preparador físico Fernando Piñatares pelos serviços prestados, com dedicação e profissionalismo desde o início dos trabalhos em março deste ano, os quais foram fundamentais para que os objetivos projetados até aqui fossem cumpridos”, afirmou o time em comunicado.

Membro da comissão fixa, André Jardine assumirá o time nas últimas cinco rodadas do Campeonato Brasileiro, torneio em que o São Paulo busca uma vaga direta para a Copa Libertadores da América.

A diretoria do Tricolor irá abordar o tema na próxima segunda-feira, quando o clube do Morumbi irá começar sua preparação para o confronto contra o Grêmio, quarto colocado da Série A, em sua casa.

Durante sua passagem pelo São Paulo, Diego Aguirre teve aproveitamento de 55,8%, com 19 vitórias, 15 empates e nove derrotas com 52 gols marcados e 36 sofridos.