São Paulo vira sobre Danubio nos acréscimos e pressiona San Lorenzo - Fato Amazônico

São Paulo vira sobre Danubio nos acréscimos e pressiona San Lorenzo

Dado antecipadamente como eliminado por alguns jogadores brasileiros, o Danubio deu muito trabalho ao São Paulo em Montevidéu, mas foi derrotado por 2 a 1. A equipe uruguaia chegou a estar à frente no marcador, graças a forte arremate de Leandro Sosa não defendido por Rogério Ceni, mas sofreu a virada após dois gols de cabeça, o segundo deles anotado por Ricky Centurión já nos acréscimos, após Alexandre Pato ter empatado.

A vitória abre vantagem de três pontos na segunda colocação sobre o San Lorenzo, que jogará pressionado quinta-feira diante do Corinthians, em Itaquera. Em caso de revés dos argentinos, a equipe treinada interinamente por Milton Cruz chegará um pouco mais tranquila para o duelo definitivo pela última rodada do grupo 2, frente ao rival e líder da chave, no Morumbi.

Depois do sufoco no Uruguai, o São Paulo voltará a ter como prioridade momentânea o Campeonato Paulista, pelo qual visitará o Santos, no domingo, em busca de uma vaga na decisão. O Danubio, agora sim eliminado, se despedirá da competição sul-americana no mesmo dia do clássico brasileiro, em visita ao San Lorenzo, em Buenos Aires.

Nesta quarta-feira, com desenho tático semelhante ao que foi utilizado para derrotar o Red Bull no fim de semana – mas sem os volantes Denilson e Wesley, substituídos por Rodrigo Caio e Hudson -, o São Paulo não repetiu em Montevidéu o primeiro tempo apresentado no Morumbi. A equipe de Milton Cruz se lançou ao ataque, já que precisava da vitória, porém custou a furar a marcação.