????????????????????????????????????

A Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai), em parceria com o Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil, prendeu, em flagrante, na última sexta-feira (14/09), no rio Solimões, próximo ao município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus em linha reta), Fabiano Amorim Queiroz, 32 anos, com dez quilos de pasta-base de cocaína divididos em sete tabletes.

O resultado da ação policial foi apresentado na manhã desta sexta-feira, na sede da Delegacia Geral, em Manaus, pelo secretário executivo de Inteligência, delegado Herbert Lopes, pelo diretor do Denarc, delegado Paulo Mavignier, e pelo delegado-geral adjunto, Ivo Martins.

Fabiano foi preso durante a Operação Banzeiro da Seai e do Denarc, com apoio da Delegacia Fluvial (Deflu), após um trabalho de investigação dos órgãos do sistema de Segurança Pública do Amazonas.

“O Sistema de Segurança Pública do Amazonas vem fazendo, desde o mês de junho, a Operação Banzeiro, que visa o combate da entrada de drogas, via fluvial, na cidade de Manaus. Temos um cronograma de abordagens nas embarcações e foi feita essa abordagem no barco Letícia/Sofia, e o cão Zeus da Seai, no decorrer da vistoria, encontrou essa quantidade de entorpecentes”, disse o secretário executivo de Inteligência, delegado Herbert Lopes.

Fabiano Amorim Queiroz estava vindo de Coari para Manaus, na embarcação Letícia/Sofia, com a esposa e duas crianças, seus filhos, um menino de 2 anos e uma menina de 6 meses. Ele informou que recebeu a droga em Coari de uma pessoa desconhecida e que deveria entregá-la em Manaus também para outra pessoa, que ele também disse não conhecer.

O diretor do Denarc, delegado Paulo Mavignier, ressaltou a importância das fiscalizações nas embarcações. “Os traficantes têm perdido muita quantidade de entorpecentes, então eles têm fracionado o transporte em embarcações de recreio. No entanto, as ações dos órgãos do Sistema de Segurança Pública têm obtido êxito nas operações e evitado a entrada desses entorpecentes em Manaus”, disse o delegado.

Após os procedimentos cabíveis, Fabiano Amorim Queiroz será encaminhado à unidade policial do município de Iranduba onde permanecerá à disposição da Justiça.