Secretária municipal de educação começa a visitar escolas da rede - Fato Amazônico

Secretária municipal de educação começa a visitar escolas da rede

Para trocar experiências e conhecer de perto a realidade das escolas da rede, a secretária municipal de Educação (Semed), Kátia Schweickardt, iniciou cronograma de visitas às unidades de ensino do município. A primeira foi a Escola Municipal Thales Silvestre, localizada no bairro Lagoa Verde, Zona Sul de Manaus.

Acompanhada pela subsecretária de Gestão Educacional, Ana Falcão, e pelo subsecretário de Infraestrutura e Logística, Franklin Pinto, Kátia vistoriou a estrutura da escola e conversou com funcionários para ouvir as demandas e procurar meios mais práticos para solucionar eventuais problemas.

A proposta é visitar um conjunto de escolas toda semana. No cronograma estão unidades de ensino com bom desempenho e também aquelas com maiores dificuldades. Para a secretária, as visitas serão fundamentais para ouvir as demandas dos educadores, ter contato com os alunos e construir uma gestão participativa.

“Já conheci todas as DDZs (Divisões Distritais Zonais), todos os gestores e chefes de distritos, conversei com os subsecretários, conheci e reconheci as metas da nossa secretaria. Estou tentando construir uma estratégia de equilibrar todo o meu trabalho administrativo, toda nossa gestão compartilhada, manter todos os painéis de gestão, as reuniões periódicas, encontrar os nossos fornecedores, mas, sobretudo, eu vou tentar visitar toda a semana um conjunto de escolas”, explicou, lembrando a meta deste ano de colocar Manaus entre as dez melhores capitais brasileiras no Índice de Desenvolvimento da Educação básica (Ideb).

Com 355 alunos, a Escola Municipal Thales Sivestre obteve a nota de 5,9 no último Ideb. Apesar de algumas dificuldades, a meta da escola é sempre buscar melhores resultados, como chegar aos 6,5 na próxima avaliação do Índice.

Para a gestora da unidade, Rosiane Pinheiro, a visita da secretária foi fundamental e motivará toda a comunidade escolar a buscar o resultado. “Ela conheceu a comunidade, a estrutura da escola, como funcionamos na parte pedagógica e na parte administrativa e nos ajudará a resolver algumas demandas”, destacou a gestora.

Durante a visita, foram observadas estruturas de salas de aula, banheiros, cozinha, área externa, merenda escolar, entre outros pontos. Professora do 1º ao 5º ano, Deusanira Corrêa viu na visita comprometimento e motivação para o trabalho dos servidores da instituição. “Achei a iniciativa ótima, passa confiança. Ficamos animados e mais motivados”.