O secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz, cumpre agenda em São Paulo e Brasília, nesta semana, tratando de captação de recursos para projetos artísticos e culturais do Estado. O foco é na geração de emprego e renda através do setor, a valorização da cultura, na capital e interior, e a manutenção do patrimônio histórico do Amazonas.
 
Ontem (13/03), ele estará em Brasília, onde tem reuniões com esse objetivo, com parlamentares da bancada do Amazonas.
 
Na última segunda-feira (11/03), Marcos Apolo deu início às tratativas com a Secretaria de Cultura de São Paulo para a realização de intercâmbios e ações em conjunto, visando a potencialização da economia criativa no Estado. A reunião foi com a secretária executiva Cláudia Pedrozo, que confirmou a participação dela e do secretário de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, Sérgio Sá Leitão, no XXII Festival Amazonas de Ópera, que começará no próximo mês.
 
“Apresentamos os projetos desenvolvidos no Estado e o potencial que possuem, como é o caso dos Festivais de Ópera e de Parintins, que já fazem parte do calendário nacional de cultura. Vamos agora aprofundar o diálogo e buscar parcerias na área de economia criativa, com este que é um importante polo cultural do país”, afirmou Marcos Apolo.
 
Em São Paulo, o secretário Marcos Apolo também manteve reuniões com empresários interessados em investir em projetos locais e participou do programa “Panorama”, da TV Cultura SP, com a qual também discute a transmissão nacional do Festival de Ópera.