Sede de assembleia mundial adventista recebe mega projeto de saúde - Fato Amazônico

Sede de assembleia mundial adventista recebe mega projeto de saúde

San Antonio, EUA … [ASN] Dezenas de pessoas ficaram na fila durante a noite fora de um estádio em San Antonio para receber o equivalente a cerca de 10 milhões de dólares em serviços médicos e odontológicos gratuitos que profissionais de saúde adventistas do sétimo dia ofereceram para 6.000 pessoas durante três dias. San Antonio, cidade localizada no Texas, região sul dos Estados Unidos, vai sediar a assembleia mundial da Igreja Adventista em julho desse ano.

Cerca de 2 a 3 mil pessoas pessoas estavam esperando do lado de fora do Alamodome quando suas portas foram abertas às 7 da manhã da quarta-feira, disse Daniel Weber, diretor de comunicação da Igreja Adventista da Divisão Norte-Americana, que ajuda a organizar o evento. “Eu andei em torno da fila às 10 para 7 da manhã, e a fila deu a volta ao redor do edifício apenas para serviços odontológicos”, disse Weber.

Duas filas foram formadas: uma para serviços dentários e outra para serviços médicos. Weber disse que a linha de serviços odontológicos era significativamente maior.

“Mais de 1.700 voluntários estavam trabalhando dentro do estádio, e eles têm limitado o número de pessoas que eles serão capazes de examinar e tratar na quarta-feira para 2.000 pessoas”, disse Weber. A clínica gratuita no Texas é apenas uma das maiores iniciativas de auxílio comunitário da Igreja Adventista de 2015. Destina-se a apresentar aos moradores de San Antonio os adventistas à frente de uma importante reunião de trabalho da igreja, a Assembleia da Associação Geral, que será realizada no mesmo estádio em julho.

O evento de 8 a 10 de abril chamou a atenção de muita gente na cidade. A mídia local publicou relatórios com manchetes como “Mega Clínica de Saúde Gratuita a Ser Realizada no Alamodome” (a afiliada local da rede de TV ABC) e “Clínica Médica, Odontológica e da Visão GRATUITA Começa Quarta-feira” (rede de televisão Fox 29).

Na quarta-feira, os dentistas estavam dando uma gama completa de serviços, incluindo tratamentos de canais, coroas e obturações. Os médicos e as enfermeiras estavam oferecendo exames de Papanicolau, pediatria, imunizações, exames para doenças sexualmente transmissíveis, e até mesmo cirurgia geral. Também estavam disponíveis no local cortes de cabelo, serviços de capelania e refeições gratuitas.

Os serviços — que serão oferecidos das 7h às 16h na quarta e na quinta, e das 7h às 14h na sexta-feira — são uma forma de tratar as pessoas como Jesus tratou, Costin Jordache, porta-voz do “Your Best Pathway to Health” (Seu Melhor Caminho para a Saúde) e coorganizador do evento, disse ao San Antonio Express-News newspaper.

“Realmente, não há melhor maneira de fazer isso que ao estender a mão curadora”, disse Jordache, que também é porta-voz da Associação Central da Califórnia da Igreja Adventista.

“Your Best Pathway to Health” (Seu Melhor Caminho para a Saúde), um serviço da Adventist-Laymen’s Services & Industries (Associação de Serviços e Indústrias de Leigos Adventistas), ou ASI, organizou uma clínica inaugural gratuita em Oakland e San Francisco em abril de 2014 que viu uma demanda tão alta que os voluntários tiveram que mandar pessoas embora. Aquele evento de três dias acabou cuidando de cerca de 3.000 pessoas com 5,2 milhões de dólares ou tratamento gratuito.

Jeffery Hardesty, obstetra e ginecologista da Califórnia que está voluntariando seus serviços em San Antonio, disse que ele viu uma necessidade tremenda de clínica gratuita. “Essas pessoas precisam de ajuda e estão sofrendo, e nós temos a capacidade de ajudá-las”, disse ele à NBC.

Os habitantes de San Antonio parecem estar apreciando a clínica gratuita, e um habitante a chamou de dádiva de Deus.

Alicia Rocha fez uma visita pré-cirúrgia para dois procedimentos cirúrgicos na terça-feira e disse à NBC: “Esta foi uma dádiva de Deus, e eu agradeço a Deus por isso. É maravilhoso o que uma organização cristã pode fazer que basicamente o governo e os seguros não podem fazer”. [Equipe Adventist Review, Andrew McChesney]