Segundo taxista é morto na capital amazonense em menos de 48 horas - Fato Amazônico




Segundo taxista é morto na capital amazonense em menos de 48 horas

O taxista Eudes Costa da Silva, morto na tarde desta terça-feira em um posto de lavagem localizado ao lado de de gasolina da Equadror, na Avenida Grande Circular, na Zona Leste de Manaus, é o segundo a ser morto em menos de 48 horas. De acordo com testemunha, dois homens chegaram em uma motocicleta, e foram até onde estava a vitima e o executaram a tiros.

No domingo à noite o taxista Edilson Feitosa da Silva, 63 anos, reagiu a um assalto e foi morto com um riro no torax. O crime ocorreu na Rua Cacau Pirera, no bairro do Novo Israel, na Zona Norte de Manaus.