Sem funcionar há três anos, posto de saúde é reativado e volta a atender comunidades rurais em Presidente Figueiredo - Fato Amazônico




Sem funcionar há três anos, posto de saúde é reativado e volta a atender comunidades rurais em Presidente Figueiredo

Moradores das comunidades São Sebastião, Terra Santa e ramais do Maranhão e do Canastra, localizadas em Presidente Figueiredo, voltaram a ter ontem (22) atendimento básico de saúde. Após três anos com atividades paralisadas por falta de água, o Posto de Saúde São José, situado no quilômetro 137 da BR-174, foi reativado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sems).
Com a reativação da unidade, considerada a mais antiga do município, serão oferecidos atendimento clínico, serviços de enfermagem, tratamentos de imunização, pré-natal e preventivo, além de um programa de acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças. Na reforma feita, equipamentos sem condições de uso foram substituídos por novos materiais de trabalho.
De acordo com a secretária municipal de saúde, Sandra Braga, desde janeiro deste ano, período em que assumiu a pasta, visitas estão sendo realizadas nas unidades de saúde da sede e comunidades que fazem parte do município. “Nós visitamos todas as estruturas, tanto da estrada de Balbina quanto da BR-174, e encontramos essa no meio do mato, abandonada”, lamentou.
Ainda segundo a gestora, os comunitários não acreditavam que o posto voltaria a funcionar e tinham que caminhar mais de 10 quilômetros até a unidade mais próxima para tratar da saúde. “O deslocamento era muito longo. Os moradores saíam destes ramais e procuravam atendimento no posto do quilômetro 126. Muitos ficaram surpresos quando receberam a notícia de que estava sendo retomado o atendimento aqui”, ressaltou Sandra.
Foi o caso de Manoel da Silva, presidente da comunidade São Sebastião, que fica no quilômetro 143 da estrada. “Nossa reação não poderia ser diferente, pois todos nós recebemos essa notícia da melhor forma. Antes se caminhava cerca de 30 quilômetros e, agora, caminhamos 10. Agradecemos muito pela reativação do posto”, comemorou.
Unidade móvel  
Quando chegou à unidade de saúde para fazer a inspeção do local, a secretária encontrou um gabinete de atendimento odontológico totalmente danificado e inoperante, conforme apontaram técnicos especializados da prefeitura. Por conta disso, a Sems está planejando a aquisição de uma unidade móvel odontológica, que vai beneficiar a todos os moradores residentes na sede do município e comunidades adjacentes.