Semsa recebe premiação por desempenho no controle da tuberculose em Manaus - Fato Amazônico

Semsa recebe premiação por desempenho no controle da tuberculose em Manaus

A Políclínica Dr. Antônio Comte Telles, unidade da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) localizada no São José 3, zona Leste da cidade, recebeu o prêmio Enfermeira Miracy Vasconcelos, na categoria “Instituição”, promovido pela Fundação de Vigilância Sanitária (FVS). A escolha se deu pelos resultados alcançados pela equipe no diagnóstico e tratamento de tuberculose e HIV naquela região da cidade.

O prêmio foi instituído este ano, como forma de reconhecer e incentivar as iniciativas e ações para o controle dessas doenças no Amazonas, e já está sendo chamado pelos profissionais da área de “Oscar da tuberculose no Amazonas”.

A premiação ocorreu no encerramento do 1° Simpósio Estadual de Tuberculose e HIV. A subsecretária de Gestão da Saúde, enfermeira Lubélia Sá Freire, participou da solenidade, juntamente com a diretora do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (DVAE), enfermeira Adriana Elias.

Na categoria “Profissional”, a enfermeira Dinah Carvalho Cordeiro, chefe do Núcleo de Controle da Tuberculose da Semsa, foi homenageada pelos esforços na condução do Programa de Controle da Tuberculose em Manaus, especialmente em 2016, em parceria com outros setores e segmentos, especialmente junto ao Núcleo de IST/HIV/AIDS.

Além disso, Manaus, representada pela Semsa, recebeu Certificação dentro dos critérios de município que alcançou, em 2016, valor igual ou superior a 75% no indicador de proporção de novos casos de Tuberculose testada para HIV (o percentual de Manaus foi 76,4%), contribuindo com o Sistema Único de Saúde (SUS) no controle da doença no Amazonas; e no critério de participação no controle de qualidade do Laboratório Central (Lacen), em 2016.