Os senadores aprovaram, nesta quarta-feira, projeto que dificulta o fechamento de escolas do campo, indígenas e quilombolas (PLC 98/2013). A matéria já havia sido aprovada na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) nesta semana. A proposta exige que o fechamento dessas escolas seja precedido de manifestação do órgão normativo do respectivo sistema de ensino.

O senador Eduardo Braga (PMDB/AM), líder do governo na Casa, defendeu a aprovação do projeto e leu requerimento com pedido de urgência para votação.

“O projeto conhecido como Pronacampo trata exatamente das escolas rurais. O governo da presidenta Dilma prioriza as escolas rurais e, pela primeira vez, estabelece uma política pública de escolas de tempo integral, de creches para as crianças no interior do Brasil, nos municípios mais humildes, mais pobres e que, inclusive, é de grande importância para as escolas indígenas do Amazonas”, afirmou.