Senador Eduardo Braga leva boas notícias ao povo de Itapiranga - Fato Amazônico

Senador Eduardo Braga leva boas notícias ao povo de Itapiranga

O asfaltamento dos bairros Novo Horizonte e São Francisco, a entrega de 250 casas do projeto “Minha Casa Minha Vida” e a patrulha motorizada para a limpeza de canais foram algumas das boas notícias que o senador Eduardo Braga levou a Itapiranga, ontem, quando realizou o 1º Encontro Municipal do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Presidente regional da legenda, o senador assistiu à apresentação do grupo de Mulheres Filadelfia com cânticos de louvor na abertura do evento.

Durante a realização de mais uma edição do projeto “O PMDB ouve você”, que tem ouvido lideranças no interior e na capital para a elaboração de um plano de governo que contemple as reais necessidades da população, o senador pôde se inteirar melhor das reivindicações dos moradores de Itapiranga. Um grupo da terceira Idade pediu um centro de convivência. Os desportistas disseram que acalentam o sonho de um estádio gramado há mais de 50 anos. O representante da juventude disse que almeja um liceu de artes no município. Muitos, entretanto, apenas agradeceram as boas novas trazidas pelo senador.

Após ouvir atentamente os anseios da população e assistir a uma apresentação do boi-bumbá mirim Corajoso, o senador Eduardo Braga agradeceu a acolhida de Itapiranga bem a seu modo. “A única forma que eu sei agradecer as pessoas é trabalhando”, disse. “Não fora o trabalho que temos para apresentar, não estaríamos aqui em Itapiranga hoje”.

Ao lembrar que foi o responsável pelo asfaltamento da Estrada da Várzea, ligação fundamental de Itapiranga com outros municípios e até mesmo com a capital, Braga criticou o modo de agir de alguns políticos. “Esse município é dividido em duas etapas: antes e depois do asfaltamento da estrada. Prometer é fácil. O difícil é fazer. Não prometi asfaltar a Estrada da Várzea, mas hoje ela está lá, asfaltada”.

E como sempre lembra em seus discursos, a manutenção do que está feito e os avanços além do que já foi conquistado também foram cobrados por Eduardo Braga. “Carro novo, geladeira nova, tudo novo, se não tiver manutenção se acaba. Se não fazem é porque não querem ou não sabem fazer. Agora que a estrada já está asfaltada, é preciso tirar os ramais da lama”, afirmou.

Eduardo Braga ressaltou também os investimentos do Governo Federal no interior do Amazonas. “Antes da presidenta Dilma, nós não tínhamos direito de sonhar com creche no interior do Amazonas. Hoje as creches estão se tornando realidade. Quando foi que, antes dos governos de Lula e Dilma, o Governo Federal deu dinheiro para a construção de UBSs no interior? Hoje, só aqui em Itapiranga estão sendo construídas três UBSs”, disse. E arrematou: “Hoje, estão olhando para nós amazonenses como brasileiros por inteiro. E não estão nos discriminando como aqueles paulistas faziam”, disse.

Silves

Ao chegar ao Município de Silves, o senador Eduardo Braga dispensou os carros que o esperavam na principal rua da orla da cidade e saiu em caminhada entre o povo que o aguardava. Na cidade para realizar a convenção municipal do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Eduardo Braga, que é presidente regional do partido, cumprimentou e tirou fotos com o povo, além de conversar com os comerciantes locais.

Na convenção, realizada na sede social do time Saracá, uma oração realizada por Frei Germano marcou o início do evento. A apresentação do grupo folclórico “Os Novos Ciganos” garantiu a tradição das convenções peemedebistas no Amazonas: começar com uma manifestação cultural da cidade.

Uma edição do projeto “O PMDB ouve você”, outra tradição das convenções do PMDB no interior do Estado, também foi realizada. Problemas como iluminação pública, asfaltamento de ruas em bairros como Curuçá e Plínio Coelho, autoescola e subvenção para a renovação de frota para mototaxistas foram algumas das reivindicações dos comunitários.

“Vim a Silves para ver de perto como as coisas estão. O que os olhos não veem, o coração não sente”, disse o senador Eduardo Braga em seu discurso, aplaudido de pé pelos presentes.

“Fico muito triste em ver uma escola que construímos, praticamente abandonada. Triste também em ver o povo precisando de ajuda e de trabalho”, afirmou.

Sempre preocupado com as oportunidades oferecidas aos jovens do interior, o senador Eduardo Braga falou sobre educação superior. “Todo jovem quer ter direito a ter uma profissão. E para se ter uma profissão, é preciso ter acesso a uma universidade. Quero trazer a universidade onde ainda não chegou, como é o caso de Silves”, disse.

Agricultores e pescadores não foram esquecidos na fala de Braga. “No interior ou você pesca ou você planta. Para os pescadores conseguimos vários benefícios, como aumentar em um mês o seguro-defeso para compensar os prejuízos da enchente”.

Maior apoio aos agricultores também foi cobrado pelo senador. “Nosso Estado e nosso País estão crescendo. Temos que dar ao agricultor condições para que ele possa prosperar. Não é só distribuir rabeta em época de eleição”, afirmou.