Serginho Queiroz celebra 25 anos de carreira em show no palco do Teatro Amazonas - Fato Amazônico




Serginho Queiroz celebra 25 anos de carreira em show no palco do Teatro Amazonas

Dono de um talento musical que abrange variados estilos musicais, Serginho Queiroz comemora 25 anos de carreira no Teatro Amazonas, neste domingo (24), a partir das 19h. Intitulado “Sobre todas as coisas”, o show do músico amazonense tem direção musical de Paulo Marinho, e direção artística de Lívia Mendes. O espetáculo tem apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

Para o show comemorativo, Serginho Queiroz preparou um repertório com canções que interpretou ao longo de sua carreira, como “Demônio Colorido”, de Sandra de Sá – música que o consagrou como melhor intérprete no Festival de Calouros do Serviço Social do Comércio (Sesc), em 1992.

Outra canção que estará na seleção musical de Serginho para a noite de comemoração será “Candeia de estrelas”, de Célio Cruz, que foi o seu primeiro registro em CD, pelo projeto “Segundas no Palco”.

O artista também vai inserir na setlist da noite algumas composições do seu segundo disco, “A montanha e a chuva”, música homônima de Orlando Moraes; e “Esquadros”, de Adriana Calcanhotto. Serginho interpreta ainda grandes compositores, como Chico Buarque, em “Todo sentimento” e “Dedicado a você”; Noel Rosa, em “Com que roupa”; dentre outros.

A noite também terá participações para lá de especiais, como as do cantor Assis Almeida, de Lívia Mendes, de Luso Neto, de Márcia Siqueira e também de Rafael Alma.

No palco, Serginho ainda fará um passeio musical por músicas de Lulu Santos, Cássia Eller, Marisa Monte, Zélia Duncan, Nando Reis, Ana Carolina, Gilberto Gil, além de bandas como Legião Urbana, Skank. Ele inclui também composições de Chico da Silva, Raízes Caboclas e muitos outros.

Os ingressos para o show “Sobre todas as coisas” têm preços populares, com valores a partir de R$ 10 (1º, 2º e 3º pavimentos, meia-entrada).

Trajetória – Amazonense nascido na cidade de Manaus, Serginho Queiroz é arte-educador de formação pela Universidade Federal do Amazonas, no curso de Educação Artística. Antes de se tornar conhecido no circuito musical, participou de vários corais da cidade, entre eles o Coral Pró-Música do Teatro Amazonas e o Coral da Universidade do Amazonas. Tem o violão como seu instrumento de trabalho.

Iniciou sua carreira em 1992, quando venceu o Festival de Calouros do Sesc, a partir de então começou a realizar shows em casas noturnas, bares e teatros da cidade. Em 1999, venceu o Festival Universitário de Música como melhor intérprete.

No ano 2000, gravou seu primeiro CD ao vivo no Teatro Amazonas, “Essa voz que canta em mim” com repertório de composições mais conhecidas dos compositores amazonenses, projeto premiado pela Fundação Municipal de Cultura Villa Lobos, através do projeto “Valores da Terra”. Com este CD, foi selecionado pelo prêmio Tim da Música Brasileira, e seu disco mereceu menção honrosa do júri.

O segundo CD, “A montanha e a chuva”, foi lançado em 2004, com músicas de compositores nacionais e locais.

Serginho participou ainda de várias coletâneas, incluindo aquelas do projeto “Segundas no Palco”, da Secretaria de Cultura do Amazonas (1999, 2000, 2002, 2005) e “Duzir” (2004).

O primeiro DVD de sua carreira, “As aparências enganam”, foi produzido a partir de show em tributo aos contratenores da MPB (Milton Carlos, Jessé, Ney Matogrosso, Biafra, Marquinhos Moura e Edson Cordeiro), e gravado ao vivo no Teatro Amazonas, em junho de 2007.

Vários shows tiveram a participação de Serginho Queiroz, caso do “Show Festivais”, ao lado da cantora e compositora Lívia Mendes, “Simplesmente Maysa”, entre outros. O artista já realizou apresentações e fez participações em projetos em várias capitais brasileiras, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, João Pessoa e Fortaleza.

Serviço: Show “Sobre todas as coisas”, com Serginho Queiroz

Local: Teatro Amazonas, avenida Eduardo Ribeiro, 659, Centro

Data/hora: Domingo, dia 24 de setembro, às 19h

Ingressos: R$ 30 (plateia/frisas) e R$ 20 (1º, 2º e 3º pavimentos), em valores de inteira