Seripa vai ao local onde bimotor Seneca fez um pouso forçado e começa as investigações - Fato Amazônico

Seripa vai ao local onde bimotor Seneca fez um pouso forçado e começa as investigações

O bimotor Seneca de prefixo PT-ISH, pilotado por Carlos Eduardo Gomes Lima, 50 e o co-piloto, Santana dos Santos, 44, que fez um pouso forçado ontem por volta de 18h30 no sítio Liberdade na comunidade Bom Jesus, no quilômetro 21 da rodovia AM-070 Manoel Urbano (Manaus-Manacapuru), no município de Iranduba, foi localizado hoje por homens do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidente Aeronáuticos (Seripa-7).

O sub-Oficial Amaury Menezes, que esteve no local onde a aeronave caiu deu inícoo as investigações para saber o motivo da queda do avião que vinha município de Canutama para Manaus e a poucos quilômetros da capital amazonense apresentou problemas mecânicos e obrigou o piloto a fazer um pouso forçado.

A aeronave desceu no sítio de José Francisco Fonseca de Araújo, o “Zeca”, que foi quem assim que o avião caiu correu ao local e socorreu Carlos Eduardo e Santana dos Santos, que foram levados ao Hospital Regional Hilda Freire, em Iranduba, onde foram medicados e liberados em seguida.