Servidores participam de oficina para planejar a saúde municipal até 2030 - Fato Amazônico

Servidores participam de oficina para planejar a saúde municipal até 2030

Mais de 80 servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) participaram de um miniworkshop na manhã de ontem (17), no auditório da sede da Secretaria, no bairro Adrianópolis, na zona Centro-Sul, com o objetivo de discutir pontos fortes e pontos fracos da gestão em saúde e definir as ações prioritárias da pasta para os próximos anos.

O evento é um desdobramento do trabalho que vem sendo realizado pela Prefeitura de Manaus para a elaboração participativa do planejamento de todas as suas áreas para o período de 2018 a 2030.

Aberto pela subsecretária de Gestão em Saúde, Lubélia Sá Freire, e pelo subsecretário de Gestão Administrativa e Planejamento, Jean Abreu, que representaram o secretário Marcelo Magaldi (em viagem de trabalho), o workshop contou com a participação direta de todos os departamentos e distritos, reproduzindo o modelo de construção participativa de planejamento, estabelecido pela Prefeitura.

“O esforço de refletir e pensar a gestão coletivamente, com o envolvimento e participação de todas as secretarias, é uma iniciativa pioneira na administração municipal”, disse o subsecretário Jean, explicando que este trabalho teve início com a reunião de todos os secretários e subsecretários municipais para discutir com o prefeito Arthur Neto as prioridades de ação para os próximos 12 anos da gestão municipal.

Jean destacou que as discussões no nível da gestão em saúde irão culminar com o Plano Municipal de Saúde e os próximos PPAs (Planos Plurianuais) elaborados a cada quatro anos

Para Lubélia Sá Freire a administração municipal e, em particular a Semsa, evolui com a oportunidade de colher junto às pessoas que executam e conhecem profundamente os avanços e os desafios do serviço público, as melhores percepções e as melhores sugestões para aprimorar os serviços oferecidos à população da capital. “Este é um momento importantíssimo, é a colheita de boas ideias para a construção do futuro da saúde municipal”, avaliou a subsecretária, destacando que a Atenção à Saúde é um dos eixos estratégicos do planejamento da Prefeitura de Manaus.

A condução da oficina ficou a cargo do consultor Vinícius Menezes Barros, do Instituto Áquila, apoiado pela equipe técnica da Subsecretaria de Gestão da Saúde e do Departamento de Planejamento.

Ao longo da manhã, foram apresentados os principais aspectos da saúde municipal, indicados por meio de pesquisa realizada entre os gestores e servidores. Os dados foram exibidos no modelo SWOT, uma ferramenta de planejamento estratégico que permite a análise e visualização de pontos fortes e pontos fracos a serem utilizados como base para a definição dos macro-objetivos do planejamento.

Após a matriz SWOT, os participantes foram ouvidos acerca das informações apresentadas, com o objetivo de garantir que todas as questões relevantes sejam contempladas na lista de prioridades de ação.

“Quando envolvemos os diversos níveis da organização na elaboração do planejamento aumentamos as chances de sucesso”, destacou o consultor.

A etapa seguinte da Semsa será a definição dos grandes objetivos da gestão municipal em saúde, a validação das informações e também reuniões com a participação popular. No nível da gestão do município, os objetivos, programas e metas de governo, incluindo a saúde, devem estar concluídos no mês de setembro.