Skatista amazonense lança livro didático sobre a modalidade - Fato Amazônico

Skatista amazonense lança livro didático sobre a modalidade

O esporte permite aos seus praticantes diversos benefícios, incluindo o prazer. E muito além do lazer, as quatro rodinhas permitem desenvolver ainda os aspectos motores nas crianças, assim como seu lado terapêutico, exigindo concentração e raciocínio lógico.

Sendo assim, apoiado pelo Governo do Amazonas através da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer – SEJEL, o skatista amazonense Ney Metal lança no próximo dia 17h às 10h no auditório Bossa Nova, localizado na Arena da Amazônia, o livro "skate é arte, a brincadeira faz parte", onde relata a história do da modalidade radical no Amazonas.

Ainda na obra, o autor dá detalhes de como o projeto “skate pedagógico” pode contribuir nas aulas de Educação Física e melhorar a qualidade vida da população praticante.

"No livro, os professores podem aprender como aplicar o teste de equilíbrio e ensinar aos seus alunos os componentes do skate de forma lúdica, para que cheguem à fase adulta com a parte motora bem trabalhada”, enfatiza Ney que possui a licenciatura em educação física em seu currículo.

A OBRA

Skatista desde a juventude, o autor entrou na faculdade com um objetivo: introduzir o skate em suas aulas de Educação Física. Em seu trabalho de conclusão do curso, ele aplicou um longo processo de pesquisa sobre a prática do skate como ferramenta de desenvolvimento motor na habilidade equilíbrio em crianças de 07 aos 12 anos de idade.

“Comparei as idades motora com a cronológica e descobri que a motora pode ser muito mais desenvolvida com a prática do skate”, encerrou o skatista.