A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) vai realizar audiência pública no plenário da sede da Prefeitura Municipal de Manaus, logo após o feriado de carnaval, para tratar sobre a licitação dos modais Alternativos e Executivos. A informação foi divulgada na quinta-feira (28/2), durante reunião entre os vereadores da Comissão de Transporte, Mobilidade Urbana e Acessibilidade e representantes das cooperativas dos transportes Alternativos e Executivos.

O presidente da Comissão de Transporte, vereador Rosivaldo Cordovil (PODE), disse que a licitação dos modais Alternativos e Executivos é muito importante para cidade de Manaus. Segundo o parlamentar, a Comissão de Transporte da Câmara de Manaus fez a sua parte recebendo e esclarecendo as principais dúvidas da categoria para que os modais trabalhem de forma legalizada.

“Várias questões foram colocadas durante a reunião, principalmente  a questão da audiência publica que vai acontecer logo depois do feriado. A SMTU  está fazendo o projeto básico, elaborando e adequando todos os itens, para que não ocorra ações impedindo que  a licitação possa avançar e poder chegar ao seu fim”, explicou.

Rosivaldo Cordovil também assegurou que, por meio da audiência publica, todos os órgãos interessados, entre eles as categorias dos Transportes Alternativos e Executivos, associações de moradores, líderes comunitários e principalmente a sociedade em geral, vai poder manifestar suas contribuições para elaboração da licitação dos modais.

A procuradora chefe da SMTU, Elizangela Catello, informou que os projetos básicos em relação a licitação dos modais foram encaminhados ao superintendente da SMTU, Franclides Ribeiro, no início desta semana para ser finalizado o processo administrativo e determinar  a marcação da audiência pública.

Segundo ela, todo o processo seguirá os tramites legais, e será emitido um comunicado oficial para informar o dia que será realizado a audiência pública. “Vamos fazer um comunicação oficial para discutir a licitação dos modais, provavelmente o chamamento será publicado no diário oficial e vamos enviar convite para as autoridades  dos órgãos interessados, cooperativas e principalmente a sociedade para que todos possam ter um o amplo conhecimento”, finalizou.