O coronel da Polícia Militar Gilberto Gouveia assumiu a Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi)

O coronel da Polícia Militar Gilberto de Andrade Gouveia assumiu, ontem (17/09), a Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), com a missão de subsidiar os órgãos do sistema com informações estratégicas para o combate à criminalidade no Estado. Ele foi nomeado pelo governador Amazonino Mendes, no dia 3 deste mês e já estava exercendo as funções na Secretaria.

“Ao assumir a Seagi, faço isso com uma dupla missão: a primeira, de conduzir a Secretaria para que as instituições do sistema de segurança pública sejam protagonistas com metodologias, sistemas, aplicativos, estruturas e equipamentos. A integração do sistema tem na Seagi um forte e persistente aliado. A segunda missão é a de liderar um dos times do programa GuardiAM 24horas. É possível perceber o quase perfeito alinhamento do GuardiAM com a Seagi. Ambos, em seus níveis, entregarão instrumentos que fortalecerão o sistema de segurança pública”, disse o coronel.

A solenidade de posse foi realizada na sede do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), localizado na avenida André Araújo, no Petrópolis, na zona centro-sul de Manaus, e foi comandada pelo secretário de Segurança, coronel Anézio Paiva, com a presença de autoridades e servidores da Segurança Pública.

De acordo com o secretário extraordinário, coronel da PM Walter Cruz, a Seagi terá como missão auxiliar com ferramentas para a definição de políticas públicas que otimizem a integração entre os órgãos do sistema de segurança no Amazonas e se relacionem com os quatro pilares do Programa GuardiAM 24h: tecnologia, inteligência, treinamento e integração.

“O GuardiAM não é um programa voltado apenas para áreas vermelhas, mas para toda a sociedade, ouvindo o policial e integrando todo o sistema. Uma das peças-chave para isto é o trabalho da Seagi com ferramentas e metodologias que subsidiarão as ações de combate ao crime. O coronel Gouveia terá todo o apoio para integrar os sistemas e os dados referentes à Segurança Pública e os devolverá às polícias para que as instituições possam atuar estrategicamente”, enfatizou o coronel Walter Cruz.

Integração – O secretário de Estado de Segurança Pública, coronel Anézio Paiva, ressaltou a integração dos órgãos que compõem o sistema de segurança no Amazonas em prol da sociedade. “Todas as ações que estão sendo realizadas no sistema de segurança estão integradas, ouvindo e dialogando. Se não agirmos dessa forma, não conseguiremos conter a mancha criminal”, disse o secretário.

O novo titular da Seagi, coronel Gilberto Gouveia, foi comandante-geral da Polícia Militar, e, segundo o atual comandante-geral, coronel Cláudio Silva, passará a municiar a PM com dados para operações em todo o Estado.

“O coronel Gouveia, com todo seu conhecimento e a visão da Segurança Pública, após ter passado por um curso no Exército para grandes comandantes, terá o papel fundamental de integrar dados para as ações dos órgãos de segurança pública. As polícias não podem trabalhar com diversas fontes de informação. A partir de agora, todos os dados serão repassados por ele e irão municiar as ações da Polícia Militar”, disse o comandante-geral, Cláudio Silva.

Os dados da Seagi também municiarão as investigações realizadas pela Polícia Civil do Amazonas. “A Seagi é um órgão fundamental para o sistema de segurança pública e confiamos na competência do coronel Gouveia, um profissional capacitado para participar da implantação do GuardiAM. A Polícia Civil do Amazonas vai, de forma integrada com a Polícia Militar, combater de forma mais firme e eficaz a criminalidade no Amazonas”, disse o delegado-geral da Polícia Civil, Frederico Mendes.