A Secretaria de Segurança Pública (SSP AM), em conjunto com a Polícia Civil do Estado do Amazonas (PC-AM) e Polícia Militar do Amazonas (PMAM), realizou mais uma fase da operação Saturação na tarde e noite de quarta-feira (24/10) nos bairros da zona leste de Manaus. A ação que contou com mais de 50 policiais, entre civis e militares, percorreu os bairros Novo Reino 1 e 2, São José 1, 2 e 3 e Jorge Teixeira.

As equipes policiais adentraram becos e vielas dos bairros realizando abordagens e revistas em pessoas que trafegavam pelo local, considerado área de vermelha, e também revistas em veículos. 

Operação Saturação em bairros da zona leste de Manaus

De acordo com o secretário Segurança Pública, coronel da PMAM Amadeu Soares, que percorreu as ruas dos bairros e conversou com alguns moradores, o maior objetivo da operação, além de realizar patrulhamento ostensivo e preventivo, é também aproximar a população da polícia e, com essa relação, encorajar os moradores a denunciar os crimes para que a polícia faça um trabalho cada vez mais efetivo na comunidade. “Nós estamos restabelecendo a relação de confiança com a comunidade. A Polícia Militar fazendo o ostensivo, a Polícia Civil fazendo as investigações e transformando essas investigações em mandados de prisões para que a gente possa retirar dessas comunidades aquelas pessoas que insistem em permanecer cometendo delitos”, afirmou. 

O subcomandante da Polícia Militar, coronel da PMAM Ayrton Norte, que também esteve presente na operação, afirmou que a PM vem fazendo, há mais de um mês, ações táticas e preventivas, como a operação Ocupação que vem sendo realizada em nove bairros de Manaus. Hoje a maior parte dos bairros da zona leste, em especial o bairro Jorge Teixeira, foram alvo das ações. “Nós recebemos muitos pedidos da população para patrulhar no beco localizado atrás da escola de samba Grande Família e estamos atendendo essa solicitação patrulhando não somente hoje, mas com ações diárias. Além de Manaus, todos os municípios do estado estão recebendo reforço para a operação eleição. A polícia está nas ruas todos os dias para servir e proteger”, garantiu Norte.