Superbom desenvolve linha de queijos veganos - Fato Amazônico

Superbom desenvolve linha de queijos veganos

Brasília, DF… [ASN] Diante de um cenário em que cerca de 70% da população brasileira tem algum tipo de intolerância à lactose e 17 milhões de pessoas são vegetarianas, a Superbom, empresa adventista de alimentos, lançou nesta semana seu mais novo produto: o VeganCheese, uma linha de queijos veganos. O anúncio foi feito durante um evento em São Paulo.

A gerente industrial da empresa, Cristina Ferreira, explica que o produto possui características semelhantes aos queijos tradicionais, como aparência, consistência e o derretimento. No entanto, ele é produzido sem lactose, sem colesterol, sem nenhum derivado de origem animal e sem nenhum tipo de conservante ou corante artificial, o que o torna totalmente vegano. “Este é o primeiro queijo vegano a ser feito em escala industrial. Ele é elaborado com ingredientes de excelente qualidade e com o uso da mais alta tecnologia disponível no mercado durante a fabricação”, reforça a gerente. “Um VeganCheesse, em sua tabela nutricional, chega a estar 20% abaixo do teor de gordura [de um queijo tradicional].”

Para chegar ao resultado final, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Superbom trabalhou no projeto durante dois anos até encontrar a composição mais adequada, que se assemelha aos queijos tradicionais. A linha contempla tipos variados de queijos, como mussarela , prato e provolone. A base é o amido de batata e o óleo vegetal de palma. Um outro diferencial é o seu tempo de conservação: seis meses com a embalagem fechada. Após aberto, devidamente embalado e refrigerado, pode ser consumido em até 10 dias.

“Todos os ingredientes foram cuidadosamente selecionados visando atender os mais rigorosos paladares. O objetivo é criar um produto que seja reconhecido não só como mais um alimento saudável, mas uma alternativa saborosa para uma população imensa de consumidores com restrições ao açúcar, lactose, gordura animal e muitos outros ingredientes alergênicos”, complementa Cristina. Ela ainda destaca que o produto também vista atender um público que busca na alimentação o ideal de saúde e longevidade.

O produto, certificado pela Sociedade Vegetariana Brasileira, recebeu o selo “Aprovado SVB Vegano”, que garante ao consumidor que a fabricação não teve qualquer procedência animal.

A novidade também rendeu matérias na mídia em veículos como o Brasil Econômico e Diário Comércio, Indústria & Serviços. Ambos destacaram o investimento da empresa em um nicho específico – produtos para vegetarianos e veganos – como parte de uma estratégia empresarial. Para mais informações sobre a Superbom e seus produtos, clique aqui e visite o site oficial da companhia. [Equipe ASN, da redação, com informações de Kauana Neves]