TCE vai oferecer cursos via satélite para gestores do Amazonas - Fato Amazônico

TCE vai oferecer cursos via satélite para gestores do Amazonas

A Escola de Contas Públicas do Tribunal de Contas do Amazonas (ECP/TCE-AM) vai oferecer cursos à distância, via satélite, para os gestores do interior do Amazonas a partir da próxima semana. A iniciativa — pioneira entre os TCs do Norte do Brasil — será executada em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio dos respectivos centros de mídias. A ação vai gerar economia com gastos de passagens e diárias para o interior.

A aula inaugural da ECP, na próxima sexta-feira (21), com dezenas de autoridade no auditório do TCE, por exemplo, será transmitida pelo Centro de Mídias da Seduc para todo o Estado. Na próxima semana, de segunda à sexta (24 a 28), o Tribunal realiza, como o apoio da UEA, o curso-teste, via satélite, sobre prestação de contas para 16 municípios, entre eles São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, Maués, Parintins e Coari, todos avisados antecipadamente.

Segundo o diretor-geral da ECP, Harleson Arueira, as inscrições para os cursos à distância podem ser realizadas por meio do novo portal da Escola de Contas (http://goo.gl/SquQOw). “A ideia é levar os treinamentos da Escola a todos os gestores do Amazonas, sem distinção. Nossa meta é que todos prestem contas corretamente e evitem multas desnecessárias. Essa é a orientação do presidente do TCE e do coordenador-geral da Escola de Contas (conselheiros Josué Filho e Érico Desterro, respectivamente)”, comentou.

Do dia 7 a 11 de abril, o TCE vai oferecer aos gestores o curso de Noções Gerais de Administração,com o apoio da Seduc. Os certificados para os participantes e a logísticas nos locais dos cursos estão sendo viabilizados pela Secretaria de Estado de Administração (Sead). A Associação Amazonense dos Municípios (AAM) também é parceira no projeto de ensino à distância e atua na sensibilização junto aos gestores.

Até o ano passado, os gestores das cidades mais distantes precisavam se deslocar aos municípios maiores, localizados em posição estratégica, para serem capacitados nos cursos disponibilizados pela ECP. Com o curso à distância, essa dificuldade será suprimida, além de gerar economia também para os municípios.

Entre os módulos preparados pela ECP para serem ministrados à distância estão "Fiscalização de Obras Públicas", "Licenciamento Ambiental", "Admissão de Pessoal", "Concurso Público (processo seletivo)", "Lei de Responsabilidade Fiscal", "A Nova Contabilidade Pública, Administração Financeira e Orçamentária", e "Previdência dos Servidores e Convênios".

A estrutura dos centros de mídias da UEA — que tem hoje 20 polos de transmissão— e da Seduc (a qual está em todo o Estado) deverá levar treinamento do TCE a todos os municípios do interior em um curto prazo, segundo expectativa da equipe da ECP e recomendação do conselheiro Josué Filho.