Se o card não empolgou antes do evento, quem compareceu ao Ginásio do Ibirapuera ou assistiu pela TV, acompanhou um grande show de sábado (22), pelo UFC Fight Night 137, em São Paulo. Na luta principal, em uma verdadeira guerra, Thiago Marreta derrotou Eryk Anders por nocaute técnico e fez a festa do público.

Assim como Marreta, Alex Cowboy e Rogério Minotouro também venceram pelo card principal, com grande participação da torcida, que apoiou os brasileiros em todas as lutas. De negativo, apenas o revés de Renan Barão, que superado por Andre Ewell, acumulou sua terceira derrota seguida no Ultimate.

Marreta nocauteia Anders em verdadeira batalha

Escalados para “salvar” o evento, Thiago Marreta e Eryk Anders protagonizaram uma grande luta para os fãs no main event em São Paulo. Forçando na trocação, o brasileiro começou com tudo, desferindo fortes golpes no americano, que apostava na luta agarrada e tentava levar Marreta para o chão a qualquer custo.

A dinâmica no segundo round continuou a mesma, mas com os lutadores mais cansados, a luta ficou franca. No terceiro assalto, muitas reviravoltas. Com bons momentos para ambos – que faziam sua estreia no peso-meio-pesado -, Eryk chegou a assustar o brasileiro, mas faltando poucos segundo para o fim do round, Marreta encaixou uma sequência brutal de cotoveladas que deixou o americano sem condições de voltar.

No fim, com Anders “apagado” no chão, Marreta foi declarado vencedor por nocaute técnico e vibrou bastante com o resultado, exaltando também seu adversário pelo coração e respeito mostrados.

Antes da luta, Alex Cowboy prometeu uma vitória por nocaute ou finalização, e conseguiu. O brasileiro não precisou nem de um minuto para nocautear Carlo Pedersoli com um contragolpe e inflamar a torcida no co-main event em São Paulo.

Agora, com duas grandes vitórias seguidas, o peso-meio-médio – que deve subir posições importantes no ranking – comemorou bastante o resultado e pediu por um adversário de elite em seu próximo compromisso.

Minotouro retorna com vitória e levanta o público

Basicamente um duelo de Boxe, o embate entre Rogério Minotouro e Sam Alvey se desenvolveu todo em pé. Melhor na distância, o brasileiro foi castigando o americano até que, no segundo round, encaixou uma bomba que o desnorteou.

Alvey, então, começou a “fugir” no octógono, mas sentindo o bom momento, Minotouro foi pra cima e finalizou o trabalho. Com a vitória por nocaute, além de retornar com um triunfo após quase dois anos sem lutar, o brasileiro fez a alegria do público presente no Ginásio do Ibirapuera, que vibrou bastante com o resultado.

Renan Barão perde mais uma e má fase continua

Logo nos primeiros segundos de luta, Renan Barão levou um golpe de Andre Ewell e foi ao chão. O brasileiro, porém, se recuperou rapidamente e conseguiu quedar o americano, mantendo o combate no chão e equilibrando as ações.

Nos rounds seguintes, entretanto, a estratégia de Barão não deu certo. Melhor na luta em pé, Ewell conectou bons golpes e foi castigando o brasileiro. No fim, por decisão dividida dos jurados, Ewell foi declarado vencedor, enquanto o brasileiro – ex-campeão peso-galo do UFC – conheceu sua terceira derrota seguida.

Guerra entre Randa e Marina termina em empate

Abrindo o card principal do UFC Fight Night 137, Marina Rodriguez teve um início de luta ruim contra Randa Markos. No primeiro round, a brasileira passou praticamente cinco minutos com as costas no chão, enquanto Randa desferia golpes no ground and pound. No segundo assalto, porém, a situação mudou, com o combate se desenrolando em pé e as duas lutadoras trocando muitos golpes.

No terceiro e derradeiro round, aproveitando o cansaço de Marina, a canadense Randa foi com tudo para cima. A brasileira, entretanto, igualou as ações e deixou o duelo franco. No fim, após uma verdadeira guerra, os jurados decidiram pelo empate majoritário entre as atletas do peso-palha.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 137

Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP)

Sábado, 22 de setembro de 2018

Card principal

Peso-meio-pesado: Thiago Marreta derrotou Eryk Anders por nocaute técnico no 3R

Peso-meio-médio: Alex Cowboy derrotou Carlo Pedersoli por nocaute técnico no 1R

Peso-meio-pesado: Rogério Minotouro derrotou Sam Alvey por nocaute técnico no 2R

Peso-casado (até 64,2kg): Andre Ewell derrotou Renan Barão por decisão dividida dos jurados

Peso-palha: o duelo entre Randa Markos e Marina Rodriguez terminou em empate majoritário

Card preliminar

Peso-leve: Charles do Bronx finalizou Christos Giagos com um mata-leão no 2R

Peso-leve: Francisco Massaranduba derrotou Evan Dunham por nocaute no 2R

Peso-meio-pesado: Ryan Spann derrotou Luis Henrique KLB por decisão unânime dos jurados

Peso-pesado: Augusto Sakai derrotou Chase Sherman por nocaute técnico no 3R

Peso-meio-médio: Serginho Moraes finalizou Ben Saunders com um katagatame no 2R

Peso-mosca: Mayra Bueno finalizou Gillian Robertson com um armlock no 1R

Peso-médio: Thales Leites derrotou Hector Lombard por decisão unânime dos jurados

Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira derrotou Luigi Vendramini por nocaute no 2R

Peso-palha: Livinha Souza finalizou Alex Chambers com uma guilhotina no 1R (terra.com.br)