Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Várias pessoas ficaram feridas em um tiroteio ocorrido ontem (28) na redação do jornal “Capital Gazette”, situada em Annapolis (Maryland, Estados Unidos), segundo informaram meios de comunicação locais.

Um jornalista do “Capital Gazette”, Phil Davis, explicou ao jornal “The Baltimore Sun” que “várias pessoas” tinham sido atingidas por disparos dentro do edifício.

Autoridades locais não confirmaram em declarações aos jornalistas o número de vítimas, mas asseguraram que se encontram na cena do crime na busca pelo atirador.

O Escritório de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos dos EUA (ATF, em inglês) afirmou em sua conta do Twitter que sua delegação em Baltimore, a maior cidade de Maryland, também “está respondendo” ao incidente.

Por sua parte, o Departamento de Polícia de Anne Arundel, o condado onde se encontra Annapolis, confirmou que a situação do tiroteio ainda está “ativa”.

O governador de Maryland, Larry Hogan, escreveu em sua conta do Twitter que está “absolutamente devastado” depois de saber da “tragédia” em Annapolis.

“Por favor, prestem atenção em todas as advertências e se mantenham afastados da área. Estou rezando por aqueles na cena do crime e pela nossa comunidade”, acrescentou Hogan.

Já a emissora “CNN” afirmou, citando fontes ligadas à investigação, que o presidente americano, Donald Trump, foi informado do incidente.

Annapolis, a capital de Maryland, é uma cidade de 40.000 habitantes que está situada 50 quilômetros ao leste de Washington D. C. (Agência EFE)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •