Traficantes, mesmo presos determinam execuções em Manaus - Fato Amazônico

Traficantes, mesmo presos determinam execuções em Manaus

Acusados de tráfico de drogas, mesmo presos nas unidades prisionais de Manaus, continuam determinando execuções na capital amazonense. Na manhã desta quinta-feira o operador de máquinas Jusciclei Nunes de Paula, 18 anos, foi morto a tiros quando caminhava rumo ao trabalho.

A vítima, atravessava uma ponte de madeira localizada na Rua Nova República, na Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus, quando foi executado a tiros.

Familiares que estiveram no local do crime, informaram a polícia, que a morte de Jusciclei, foi encomendada pelos acusados de tráfico conhecidos como “Bileno”, “Calanguinho” e “Jefinho”, que estão presos, mas determinam que morre na área da Colônia Antônio Aleixo.