Marcelo Manoel Amorim, mais conhecido como Manga Rosa, matou a ex-mulher Eliane no período da tarde de domingo (06/01) e depois tirou a própria vida, em Esparantina, no Piauí.

O crime ocorreu no povoado Vila Palmeira, por volta das 16h, quando Manga Rosa chegou na casa da irmã da ex e foi até ao quintal e sem discutir atirou contra o peito de Eliane. Em seguida, ele usou a mesma arma e cometeu suicídio. Marcelo já havia sido preso na sede da 13ª Delegacia de Policia Civil do município, por porte ilegal de arma de fogo.

Eliane estava morando com outro homem tem cinco meses, mas atendeu aos apelos de Manga Rosa e reatou com ele. Porém, nos últimos tempos a espancava demais. Então, ela decidiu se separar no final de dezembro de 2018, mas Marcelo não aceitava o fim do relacionamento.

No domingo pela manhã, Eliane colocou no status do WhatsApp contando os sofrimentos que estava passando e chamou Marcelo de “um lixo que achei no lixão”. Foi o suficiente para ele ir na casa da irmã dela premeditado dos crimes que cometeria. Abaixo a mensagem:

(Com informações de Luis Cardoso)