TRE-Am fiscalizará as redes sociais e ainda terá número de whatsapp para denúncias de propaganda antecipada - Fato Amazônico

TRE-Am fiscalizará as redes sociais e ainda terá número de whatsapp para denúncias de propaganda antecipada

Ao apresentar na tarde desta sexta-feira os juízes Luís Mário Albuquerque, Ana Maria Diógenes e Henrique Veiga, que serão responsáveis pela fiscalização da propaganda eleitoral nas eleições deste ano, a desembargadora Socorro Guedes, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, informou que a partir desta segunda-feira (19), as redes sociais Facebook e Twitter começarão a serem fiscalizadas por membros da Comissão de Fiscalização.

De acordo com a desembargadora uma sala foi montada e servidores do TRE-AM realizarão inspeções diárias na internet para impedir a veiculação de propagandas eleitorais antecipadas.

"Nós sabemos que é complicado fiscalizar tudo aquilo que está sendo feito através da internet. Nós vamos ter servidores que vão ficar viajando nas redes sociais pra ver o que está acontecendo e vamos repassar imediatamente aos juízes da propaganda", disse a presidente, informando que a outra novidade nas eleições deste ano será um disque denúncia através do whatsapp. “Ainda vamos fornecer o número a população”, acrescentou.

Socorro Guedes, informou ainda que outros canais de denúncias serão colocados à disposição da população como os telefones 3663-5859 e 3663-7885 e o e-mail email [email protected]