Radio Evangelho. A primeira partida do Vasco no Campeonato Carioca não terminou do jeito que o torcedor gostaria. A equipe da casa empatou com o Boavista por 1 a 1, neste sábado. Apesar da presença da torcida, que compareceu ao estádio de São Januário, o Gigante da Colina desperdiçou um pênalti cobrado por Fellipe Bastos e saiu de campo vaiado pelos presentes.

O Vasco começou a partida sem dar espaço para o Boavista e não demorou para marcar o seu primeiro gol no Campeonato Carioca. Aos 10min, Marlon cruzou da esquerda e a defesa afastou, na sequência a bola sobrou livre para Reginaldo. O atacante bateu no canto do goleiro Getúlio Vargas e abriu o placar em São Januário.

Nos minutos seguintes, o Boavista partiu para cima do adversário e obrigou o goleiro Diogo Silva a fazer boas defesas, e uma delas aos 12min. Jeferson cobrou escanteio, Rômulo ganhou pelo alto e cabeceou forte. Mas o arqueiro do Cruzmaltino fez uma grande defesa.

O jogo seguiu sem muitas oportunidades até o meado do primeiro tempo. Aos 24min, o Vasco teve uma cobrança de falta a favor e Fellipe Bastos arriscou direto. A bola passou rente a trave direita de Getúlio Vargas.

No final do primeiro tempo, o Boavista dominou a partida e teve chances de empatar o jogo. Aos 39min, André Luis tocou para Barrack, que entrou livre por trás. O jogador bateu cruzado e quase igualou o resultado.

O Cruzmaltino ainda teve uma chance de ampliar a vantagem. Aos 45min, Fellipe Bastos cobrou falta na área do Boavista, Edmílson ganhou no alto e mandou no travessão de Getúlio Vargas. Na sequência, Reginaldo chutou para fora.

A segunda etapa começou com o Vasco fazendo pressão para aumentar a vantagem do Cruzmaltino na partida. Aos 2min, Reginaldo fintou o adversário e tocou para Marlon. O jogador cruzou forte pelo lado esquerdo e William Barbio quase manda para dentro do gol.

Apesar do Vasco ter tido mais oportunidades de ampliar o resultado, foi o Boavista que marcou o gol. Aos 16min, Cascata chutou da intermediária no canto direito de Diogo Silva e a bola foi parar no fundo da rede.

Após a torcida pedir, o técnico Adilson Batista colocou Montoya no lugar de William Barbio. Aos 25min, O atacante cruzou fechado e Thalles tocou de ombro, a bola passou rente a trave direita de Getúlio Vargas.

Aos 32min, o Vasco teve a chance de marcar o segundo gol. Em uma tentativa de finalização, Montoya fintou o goleiro, mas errou o chute e acabou sendo derrubado por Romarinho e o juiz marcou pênalti. Em cobrança de Fellipe Bastos bateu em cima do goleiro Getúlio Vargas acertou o campo e defendeu a cobrança.

O Boavista chegou a criar algumas oportunidades, mas não conseguiu converter em gols. O Vasco também tentou sair de São Januário com o resultado positivo, após ficar quatro meses longe de sua casa. Mas não obteve sucesso.

VASCO x BOAVISTA

Data:18/01/2014 (sábado)
Local:Estádio São Januário (RJ)
Árbitro:Marcelo de Lima Henrique
Gols:Reginaldo (Vasco), aos 10min;
Cartões amarelos:Cascata (Boavista) e Guiñazu (Vasco)

Vasco
Diogo Silva; André Rocha, Luan e Rodrigo; Marlon, Guiñazu, Abuda, Fellipe Bastos e Edmílson (Thalles); Reginaldo e William Barbio (Montoya)
Técnico: Adilson Batista

Boavista
Getúlio Vargas; Thiaguinho, Gustavo, Bruno Costa e Romarinho; Rômulo, Douglas Pedroso, Thiago Silva (Cascata) e Jeferson; André Luis e Gilcimar
Técnico: Américo Faria