O vereador Evandro Alberto de Silva Aquino com assento na Câmara Municipal de Santa Isabel do Rio Negro se meteu numa tremenda enrascada supostamente para livrar da acusação de assinar um pedido de desistência de uma Comissão Parlamentar de Inquérito que investigava o prefeito do município.

Evandro Alberto, conforme Requerimento 001/2017, aparece como um dos três signatários que assinaram o documento com pedido de formação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar possíveis irregularidades nos processos Licitatórios e Indícios de Superfaturamento e contratos feito com empresas vencedoras que prestaram serviços e forneceram materiais para a prefeitura de Santa Isabel.

Ocorre que a partir do início dos trabalhos da comissão, o prefeito Araildo Mendes entrou na briga para provar sua inocência. Na última investida, conforme informações dos autos, apresentou à justiça a renúncia de Evandro Alberto.

Evandro reagiu e da tribuna Câmara Municipal contestou: “venho por mediante resposta escrita, me manifestar e fazer requerimento de desagravo público, haja vista ter um documento datado de 17 de Abril de 2018, tendo como ref. RENÚNCIA AO CARGO DE MEMBRO DE CPI, protocolado no pedido de Reconsideração ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas ao Mandado de segurança de no 40001198-54.2018.8.04.000, por parte dos advogados do prefeito municipal Sr. ARAILDO MENDES DO NASCIMENTO, sendo que jamais assinei e nem dei entrada de protocolo perante esta casa legislativa requerendo RENÚNCIA”.

O inconformado com a atitude do vereador afirmando que não desistiu da CPI, o prefeito foi mais adiante e pediu um perito público para analisar cientificamente a autenticidade de sua assinatura.

Não deu outra. A assinatura aposta no pedido de desistência da CPI é do vereador.

“Em razão dos exames efetuados e as semelhanças entre a peça questionada anexo I, firmado na data de 17 de abril de 2018 na cidade de Manaus, e assinaturas apostas nos documentos, concluo que a assinatura questionada foi emanada do punho gráfico da Sr. Evandro Alberto de Silva Aquino”, conclui a Perita em Grafotécnico, Katiuscia Patrícia de Castro Vicente. O parecer foi dado no dia 07 de dezembro de 2018.

O Laudo da perícia será anexado aos autos de uma ação que será interposta na Justiça que poderá resultar até na perda do mandato do parlamentar.

Laudo