O vereador Cícero Custódio, o “Sassá da Construção Civil” (PT) desmaiou enquanto fazia um pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Manaus na manhã desta segunda-feira (12). Ele discursava que concordava com o fim do Ministério do Trabalho, proposta do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), porque, segundo ele, a fiscalização do direito dos trabalhadores é feita pelo sindicato.

De acordo com informações da assessoria da CMM, Sassá sofreu um pico de pressão e a sessão plenária acabou suspensa.

Após receber os primeiros socorros dados pelo médico e vereador Dr. Éverton, o parlamentar foi encaminhado para o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, onde foi submetido a uma bateria de exames.

O vereador Wilker Barreto, presidente da Câmara Municipal e os vereadores decidiram suspender o pequeno e grande expediente da casa legislativa.

Em sua página do Facebook, o vereador Sassá da Construção escreveu: “Olá meus amigos! Hoje fui acometido por um mal estar enquanto fazia meu pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Manaus, contrário à possível extinção do Ministério do Trabalho. Fui socorrido imediatamente pelo departamento médico da CMM e auxiliado pelos colegas vereadores e servidores da Câmara. Após passar por vários exames no Hopital Pronto Socorro 28 de Agosto, informo a todos que estou bem de saúde. Agradeço a Deus e pela solidariedade, auxílio e preocupação de vocês. A luta continua!”