Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em busca de saúde e qualidade de vida, inúmeros atletas amadores e profissionais correram, na manhã deste domingo (24), a primeira Meia Maratona Sustentável do Centec (Centro de Ensino Técnico), realizada ponte Jornalista Phelippe Daou, na zona Oeste de Manaus. O evento contou com a participação de crianças, jovens, adultos e idosos, incluindo deficientes físicos e visuais.

A largada foi dada pelo pelotão do Centec, formado por alunos da própria instituição, que carregavam placas com mensagens de preservação e conservação do meio ambiente. Segundo a organização, mais 1,5 mil atletas participaram da prova, com premiações para 6km e 21 km, e os mais experientes ficaram com as melhores premiações.

Com o tempo de 19 minutos, o amazonense Leandro Costa, 39, foi o vencedor da categoria geral 6 km masculino.  “Correr é uma das atividades que eu mais gosto na vida. Há cinco anos, eu me dedico a esse esporte. Foram dias e dias de treinos, muita determinação e foco para alcançar mais essa primeira colocação”, contou Costa, que é atleta profissional.

No feminino, o lugar mais alto do pódio para 6 km ficou para Willy Sandra, 32. Sempre na busca por qualidade de vida e boa forma, a vencedora disse que começou a correr após vários incentivos de amigos.  “Meus amigos e professores da academia onde eu treino sempre me falaram que eu tinha talento para corrida e que eu deveria aproveitar a oportunidade. Acreditei neles e hoje estou aqui, depois de cinco anos, conquistando minha medalha de campeã, pela primeira vez”, disse a atleta.

Já na categoria 21km, o primeiro lugar feminino ficou para Márcia Magalhães, seguida por Ciranilde Silva e por Elidalva Pereira. No ranking masculino, a primeira colocação foi para Juarez Silva, a segunda para Elisson Moraes e a terceira para Jackson Mendes. Todos muito satisfeitos com o desempenho na prova.

Na categoria deficiente visual, o veterano Nelson Peres, 30, superou seus adversários e garantiu mais um troféu para sua coleção. Há dez anos participando profissionalmente de maratonas, Nelson revela que já se prepara para mais uma competição. “Mantenho o foco e nunca deixo que as barreiras atrapalhem meus sonhos. Treino todos os dias na Vila Olímpica. Hoje, foi mais um resultado positivo do meu esforço. Agora é continuar treinando para disputar novas medalhas”, comentou Nelson.

Saúde e preservação

Com o objetivo de unir atividades voltadas à saúde física e preservação do meio ambiente, as organizadoras da primeira Meia Maratona Sustentável do Centec, Eliana Primeiros e Juliana Nakano, se disseram bastante felizes com o resultado do evento, que conseguiu levar uma mensagem muito positiva aos seus participante e parceiros.

“Superou nossas expectativas. Estamos muito gratas a todos que nos apoiaram e acreditaram nesse trabalho”, comentou Pinheiro, destacando que a prova passará a integrar o calendário de eventos esportivos da cidade, para a felicidade dos apaixonados por corridas.    

Há três anos vivendo uma nova rotina, a industriaria Karla Diniz, 35, é uma dessas pessoas que não abre mão de participar das maratonas realizadas na cidade. No último domingo, Karla, fez a sua 88° corrida profissional e hoje estava firme e forte em mais uma maratona.

“Precisei mudar toda a minha rotina de vida para começar a competir. Faço dieta e treino pesado. Estar bem preparada fisicamente é necessário para ter um bom desempenho nas provas”, comentou Karla, que se disse satisfeita com a participação na corrida.  

No retorno da prova, os corredores receberam água e frutas como banana, que ajuda a repor os níveis de potássio perdidos durante o esforço físico. Em seguida, foram embalados pelo ritmo do ‘dois pra lá, dois pra cá’, com o cantor P.A Chaves, que relembrou, durante uma hora, as melhores toadas dos bois de Parintins, Caprichoso e Garantido.

Além da música, os participantes prestigiaram exposições de motos, carros e de produtos recicláveis. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semanas) também esteve presente no evento, distribuindo cartilhas de educação ambiental e mudas.

A Meia Maratona Sustentável do Centec contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, Governo do Amazonas e Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalizações de Trânsito (Manauaras).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •