O vice-governador eleito do Amazonas, Carlos Alberto Almeida Filho, prestigiou um evento organizado pelos contratados sob o Regime de Direito Administrativo (RDA) do Poder Executivo Municipal, realizado na quadra da escola de samba Vila da Barra, no sábado (10), na Zona Oeste de Manaus.

Na ocasião, ele aproveitou para agradecer o apoio espontâneo do grupo durante todo o processo eleitoral e, principalmente, pelos votos obtidos.

“A nossa vitória é resultado da força popular e isso nos exige enorme responsabilidade. Precisamos dar respostas efetivas às demandas do povo e condições dignas de vida” destacou o vice-governador eleito.

De acordo com o presidente da Associação dos Servidores Públicos do Município de Manaus, Denis Barbosa, a população será representada por pessoas que pensam na coletividade.
“Isso significa a verdadeira mudança. Acreditamos que Wilson e Carlos Alberto são símbolos do respeito ao ser humano por sempre lutarem em favor das pessoas em situação de vulnerabilidade”, explicou Barbosa.

Conforme João Tuma, um dos RDA`s presentes ao evento, quem venceu essa eleição foi o povo que terá a frente do Governo do Amazonas pessoas comprometidas e capazes de defender os interesses dos cidadãos.

“Nós sempre fomos olhados com desprezo. Quando todos fecharam as portas para a nossa causa, o Carlos veio e abriu. Agora, ele trouxe o Wilson, uma pessoa com pensamento e atitudes novas. O Estado ,agora, vai ser governado para o povo”, disse Tuma.

Os RDA`s representam mais de 5 mil servidores temporários. Tais contratações, com base na Lei Municipal nº 336/1996, deveriam ter durado, no máximo, quatro anos porque são transitórias.

Em 2009, como defensor público, Carlos Alberto, encampou a reivindicação dos temporários, em sua maioria garis e tapa buracos.

Atualmente, há um acordo sendo discutido entre Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), Defensoria Pública do Estado (DPE), Procuradoria Geral do Município (PGM) e Associação dos Servidores Públicos do Município de Manaus a fim de identificar a melhor solução para essa questão.