O jornalista Wilson Lima (PSC), candidato ao Governo do Estado, líder nas pesquisas dos institutos chegou a Escola Estadual Sant’Ana, no bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus, para votar. Ele estava acompanhado da esposa, do candidato à vice, o defensor público Carlos Alberto Filho (PRTB) e do deputado estadual Luiz Castro (Rede).

Na chegada ele falou com a imprensa e agradeceu as pessoas que o acompanharam em toda campanha e afirmou que nunca o cidadão amazonense esteve tão perto de deixar para trás a velha política que há 30 anos comando o Amazonas.

A ser questionado como de repórter se chega a governador, Wilson Lima foi taxativo: “Estou aqui com a permissão de Deus”.

Questionado ainda pelos jornalistas sobre possíveis nomes de secretariado e as acusações que vem sofrendo ele disse ser preciso esperar o resultado das urnas no final do dia. “Não tem como saber. A partir das 17h saberemos. É hora de ajudar o povo do Amazonas, por isso coloquei meu nome nessa eleição. Minha vida foi regada a dificuldades, mas a gente esta trabalhando de cabeça erguida para melhorar a situação do estado”, disse Wilson, não confirmando que os boatos de que o deputado Luiz Castro, que concorreu ao Senado na sua coligação, seria o homem da Casa Civil em seu eventual governo.

Na saída, acompanhado da sua esposa, Wilson Lima, disse iria seguir para o colégio IEA, no Centro de Manaus, para acompanhar o voto do candidato a vice-governador, Carlos Almeida. Em seguida iria para a Universidade Nilton Lins, onde Luiz Castro.