As startups YouSolve, Jul.ia e Tramite Já foram as três primeiras colocadas no Global Legal Hackaton Manaus (GLHManaus) realizado neste final de semana. A iniciativa promovida pela Comissão da Direito Digital, Startup e Inovação da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM), com o apoio do Sebraelab e da Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs (Ab2L) contou com a participação de 20 competidores. Os vencedores foram contemplados com troféus e mentorias da empresa INovativa e terão a oportunidade de aperfeiçoar suas soluções para o mercado.

A startup YouSolve foi a campeã ao sugerir a criação de uma plataforma em que intermedeia diálogo entre consumidor, advogado e empresa na busca de soluções e acordos, reduzindo número de ações na Justiça.

Em segundo lugar ficou a startup Jul.ia. Trata-se de um assistente jurídico inteligente, com base nos processos jurídicos trabalhistas  que conhece, por meio de deep learning e padrões de jurimetria para predizer as chances de determinado processo ter sucesso ou ser indeferido, além de sugerir melhorias na argumentação do processo para obtenção de sucesso, também irá mostrar o tempo médio de processamento  daquele tipo de processo em primeira instância, auxiliando escritórios jurídicos em seu planejamento financeiro.

Em terceiro ficou a Tramite Já que elaborou um sistema WEB colaborativo que intermedia cidadãos que possuem um problema jurídico relatado com advogados que possuem histórico em casos similares. A equipe utiliza processamento de linguagem natural (PLN) para encontrar padrões em casos reais relatados por advogados na base dados e direcionamos o cidadão para o profissional que mais atuou no problema relatado.

Para o presidente da Comissão organizadora, Aldo Evangelista, o GLHManaus superou as expectativas, ao proporcionar uma conexão com o ecossistema do judiciário para a inovação. “É o Amazonas se posicionando na vanguarda da inovação jurídica global”, afirmou.