Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O fígado é um dos maiores órgãos do corpo humano. Ele é responsável por ajudar seu corpo a digerir alimentos, armazenar energia e eliminar toxinas. Por esse motivo, é recomendável seguir dietas para cuidar da saúde do fígado. O que você acha de conhecê-las?

Obviamente, você deve ter em mente que, antes de fazer qualquer alteração nos seus hábitos alimentares, é aconselhável consultar seu médico ou um especialista em nutrição.

Dietas para cuidar da saúde do fígado

O fígado é um órgão-chave no funcionamento do sistema digestivo; no entanto, raramente temos em mente seu enorme trabalho. Infelizmente, as doenças que afetam o fígado estão se tornando cada vez mais comuns.

Sociedade Canadense do Fígado informou que, em um futuro próximo, um em cada quatro canadenses terá doenças hepáticas, como a doença hepática gordurosa não alcoólica.

Além disso, as taxas de mortalidade por câncer do fígado, uma doença que afeta mais de 700.000 pessoas em todo o mundo anualmente, aumentaram 3% a cada ano desde 2000.

Diante dessa situação, fazer mudanças em nossos hábitos alimentares pode ser o que precisamos para proteger o nosso fígado e, portanto, a nossa saúde. Vamos ver quais dietas podemos adotar para cuidar da saúde do fígado.

Dietas para cuidar da saúde do fígado

1. Dieta mediterrânea

Entre as melhores dietas para cuidar da saúde do fígado, destaca-se a dieta mediterrânea, considerada uma das mais saudáveis ​​do mundo. Com base no consumo diário e abundante de vegetais e frutas, gorduras “boas”, como azeite, cereais e laticínios, essa dieta é ideal para proteger o fígado.

Esses alimentos, somados ao consumo regular de peixe e à ingestão moderada de carne vermelha, ajudam seu corpo a obter minerais e vitaminas essenciais. Seu fígado precisa dessas vitaminas para metabolizar gorduras, além da vitamina C, que trabalha para proteger as células do fígado contra ataques de toxinas.

Escolha grãos integrais e cereais integrais para aumentar a ingestão de fibras. Lembre-se de que a fibra favorece a digestão e ajuda a estimular a produção de bile gerada por esse órgão. Assim, contribui para a prevenção de cálculos biliares e do acúmulo de colesterol.

2. Dieta macrobiótica

A dieta macrobiótica é baseada na ingestão principalmente de grãos integrais, seguida de frutas, verduras e legumes. Bem organizada e planejada, a dieta macrobiótica pode fornecer todos os nutrientes de que seu corpo e fígado precisam para o seu bom funcionamento. Consulte seu médico e pergunte a respeito para saber mais.

3. Dieta para pessoas com fígado gorduroso

Pessoas com fígado gorduroso devem reduzir a ingestão de alimentos e pratos com alto teor calórico para evitar continuar armazenando gordura nas células hepáticas. Além disso, é ideal incorporar alimentos com fibras para estimular a produção de bile.

4. Dieta para pessoas com cirrose

Se já houver danos no fígado, é importante que você modifique a sua dieta para evitar que a situação se agrave. Para fazer isso, você deve moderar o consumo de proteína em sua dieta, bem como limitar o consumo de sal. Consulte o seu médico para avaliar sua condição específica e montar um cardápio com base nas suas necessidades nutricionais.

5. Dieta para quem tem hemocromatose

Hemocromatose é o acúmulo de ferro no fígado. Por sofrer desta doença, o paciente deverá evitar consumir ferro. Por esse motivo, alimentos como fígado, morcela, acelga, espinafre, mariscos e oleaginosas, entre outros, devem ficar fora da dieta.

6. Dieta para quem sofre de hepatite C

O vírus da hepatite C ataca o fígado, exigindo uma mudança nos hábitos alimentares para reduzir o consumo de ferro e sal. Para minimizar sua ingestão de sal, inclua especiarias em suas receitas.

Alimentos que devem ser incluídos nas dietas para cuidar da saúde do fígado

Os dois alimentos que mencionaremos abaixo merecem uma nota especial devido aos benefícios associados a eles que diferentes estudos conectam à saúde do fígado.

  • Café

Um estudo recente concluiu que o consumo moderado de café pode ajudar a diminuir o risco de doenças hepáticas.

Outra pesquisa, publicada no Journal of Clinical Gastroenterology em 2014, concluiu que o café poderia ajudar a diminuir o acúmulo de gordura no fígado, além de fornecer antioxidantes. Além disso, parece que o café pode ajudar o fígado a se livrar de substâncias que poderiam causar o câncer.

  • Peixes oleosos

Outro alimento que deve ser incluído nas dietas para cuidar da saúde do fígado são os peixes oleosos, bem como os suplementos de óleo de peixe. Segundo um estudo publicado no World Journal of Gastroenterology, seu consumo pode ajudar a prevenir doenças hepáticas.

Peixes gordurosos, como salmão e arenque, são ricos em ácidos graxos ômega-3. Estes ajudam a diminuir a inflamação e, especificamente, podem impedir o acúmulo de gorduras no fígado.

Alimentos a evitar para não prejudicar o seu fígado

Alem das dietas para cuidar da saúde do fígado, devemos mencionar, sem dúvida, os alimentos cujo consumo habitual ou excessivo pode ser prejudicial ao fígado.

1. Álcool

Ninguém irá proibi-lo de consumir bebidas alcoólicas. No entanto, é recomendável que seu consumo seja consciente e moderado. Um excesso na ingestão de álcool poderá prejudicar as células do fígado, causando a temida cirrose.

2. Alimentos ricos em açúcares, gorduras e sal

O consumo excessivo de gorduras, sal e açúcares pode causar problemas metabólicos. Você sabia que as gorduras saturadas podem aumentar o armazenamento de lipídios no fígado que, a longo prazo, podem levar à condição conhecida como fígado gorduroso?

Cuide da sua dieta reduzindo as gorduras “ruins”, a ingestão regular de fast food e de refeições industrializadas congeladas. Dessa forma, você estará protegendo não apenas o seu fígado, mas também o coração e outros órgãos.

As dietas para cuidar da saúde do fígado são dietas equilibradas, através das quais seu corpo obterá todos os nutrientes necessários para manter a forma e a saúde. (Portal R7)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •