Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Brasil superou na tarde deste sábado (8) a trágica marca de 100 mil mortes causadas pelo coronavírus, menos de cinco meses depois de o país registrar a primeira morte decorrente da covid-19.

Logo após a divulgação dos números, uma faixa com a mensagem “100 mil mortes, a culpa é sua Bolsonaro” foi colocada na entrada do Palácio do Planalto, em Brasília. A imagem viralizou nas redes sociais e é atribuída ao @Trom_Petista.

Segundo dados de um consórcio de jornais coletados com as secretarias estaduais da saúde, foram registradas 538 novas mortes de ontem até 13h30 deste sábado e o país já soma 100.240 mortos pela doença.

O número de casos confirmados beira os 3 milhões, com 21.732 novas notificações nas últimas 24 horas e um total de 2.988.796 pessoas infectadas desde o início da pandemia. Especialistas apontam para subnotificação e um número real de casos bastante acima deste patamar.

Considerando os dados de hoje, o Brasil tem cerca de 6,5% dos casos mundiais e 7,2% dos mortos pela doença no mundo, embora o país abrigue apenas 2,7% da população do planeta. É o segundo mais atingido, atrás apenas dos Estados Unidos.

“Vamos tocar a vida. Tocar a vida e buscar uma maneira de se safar deste problema”, disse o presidente Jair Bolsonaro ao comentar os números, em transmissão nas redes sociais, na última quinta-feira (6). (Revista Fórum)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •