Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O deputado Sinésio Campos (PT) realizou visitas, no último sábado (1), aos portos dos municípios do Careiro da Várzea e de Autazes para verificar a estrutura de funcionamento destes que, de acordo com documento, encaminhado ao deputado, pela vereadora de Autazes, Suely Lopes (PT/Autazes), encontram-se em estado de abandono decorrente da falta de manutenção, o que levou à desativação destes.

O deputado constatou pessoalmente a situação de precariedade no Careiro da Várzea e a desativação em Autazes, apesar de ser um porto construído há pouco tempo. “Estamos confirmando aqui o que a gente vem alertando há tempos sobre a situação de abandono dos portos nos municípios em todo o Estado. Um porto novo como o de Autazes não pode receber um tratamento destes. Por isso estamos cobrando providências do Governo Federal para que haja a reativação e melhorias de funcionamento desses portos”.

A cobrança decorre de solicitação apresentada ao parlamentar, pela vereadora de Autazes, Suely Lopes, na semana passada por meio de ofício. No documento, ela relata que a falta de manutenção deteriorou o funcionamento do porto do Careiro da Váreza que está em estado de abandono prejudicando os moradores da zona rural e dos municípios de Nova Olinda, Borba, Manaquiri, Careiro e Autazes.

“Diante da precariedade no Careiro e a desativação em Autazes os locais de embarque e desembarque foram transferidos para áreas próximas aos portos, o que obriga os usuários a uma caminhada de quase 200 metros até as embarcações”, explica a vereadora.

A falta de local apropriado dificulta o acesso dos passageiros e o transporte de produtos (alimentícios e outros gêneros). Balsas, barcos, lanchas e canoas são obrigadas a atracarem em local inapropriado, o que dificulta o embarque e desembarque de passageiros, pescadores, agricultores, além de produtos, materiais e utensílios.

O deputado Sinésio acusa que diante do estado de precariedade, talvez o melhor seja a construção de um novo porto hidroviário que proporcione aos usuários maior conforto, segurança e comodidade. “A navegação fluvial é o meio mais utilizado pela maioria da população nos municípios. A economia destes depende diretamente dos rios para o abastecimento e escoamento de produtos, portanto a solicitação da vereadora de Autazes, em nome dos demais municípios, é justa e vamos encaminhar requerimento ao Governo Federal, via Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, e também ao Governo do Estado para que reforce as providências”.

Sinésio Campos ressalta que as cobranças sobre essa matéria não são de hoje. O parlamentar vem trabalhando a regulamentação do transporte fluvial e melhoria dos portos que apresentam problemas em vários municípios do Amazonas. O requerimento cobrando providências será destinado aos Governos do Estado e Federal, em específico ao Ministério da Infraestrutura, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e Administração das Hidrovias da Amazônia Ocidental (AHIMOC).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •