Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Prefeito de São Sebastião de Uatumã, Fernando Falabella, acompanhou neste final de semana de intenso sol de fim de verão as ações de saúde levadas a 15 comunidades ribeirinhas localizadas ao longo dos rios Jatapú, Uatumã e Maripá.

O mutirão de saúde, segundo o prefeito, contou com o apoio da Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF), inaugurada neste ano, no mês de julho.

“O direito à saúde é um pressuposto universal e um direito humano. Promover saúde à população ribeirinha  do nosso município – São Sebastião do Uatumã – é mais do que um compromisso público. É uma obrigação que busca atenuar as desigualdades entre o homem do rio e os moradores da cidade”, comenta Fallabela.

De acordo com o prefeito, a nova unidade  tem capacidade para realizar consultas médicas e de enfermagem, odontológicas, exames de laboratório, atualização de vacina, exame de eletrocardiograma, além de procedimentos diversos.

A partir da nova UBSF, cerca de 700 pessoas, conforme destacou o prefeito, serão atendidos na própria comunidade evitando, assim, deslocamentos onerosos e cansativos como ocorria anteriormente.

“Ampliar e qualificar o acesso à saúde em benefício das populações ribeirinhas é reduzir a dispersão e as distâncias  às ações e serviços da atenção básica”,  justifica.

 
Segundo informou o secretário Municipal de Saúde, Aurimar Simões, o município assinou Termo de Cooperação Técnica com Universidade Federal do Amazonas (UFAM), que possibilita a inserção de três estudantes finalistas do Curso de Medicina à rede de saúde pública do município.

Os acadêmicos, integrantes do Internato Rural, são coordenados no município pelos médicos Antônio de Pádua e Rafisa, médica do Programa Saúde.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •