A homenagem ao vice-presidente Hamilton Mourão poderá ser acompanhada pelo canal da Escola Superior da Magistratura do Amazonas no Youtube
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) disse lamentar pelo povo do Rio de Janeiro e afirmou que a corrupção parece ter se “enraizado no Rio de Janeiro”. Nas declarações, dadas por Mourão na chegada ao prédio da vice-presidência nesta sexta-feira (28/8), ele também disse achar “muito difícil” que Witzel volte a ocupar o cargo de governador.

Mourão lembrou que, além de ser alvo de investigação da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (STF), o governador passa por um processo de impeachment. “Ainda está uma discussão ali se a comissão que foi montada pela Assembleia está dentro da legislação ou não. Então, eu acredito que ao longo desses próximos seis meses esse processo de impeachment deve avançar. Acho difícil que ele volte”, disse.

“Eu lamento pelo povo do Estado do Rio de Janeiro. Viver nessa situação. Parece que a corrupção se enraizou no Rio de Janeiro. Eu lamento pelo povo do Rio de Janeiro, que sofre com a ausência do Estado”, disse.

Alvo de um processo na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj), Witzel vem colecionando derrotas em tribunais. Ele chegou a acionar o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e mesmo o Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar reverter o processo que o levaria à perda de mandato. Só conseguiu algum fôlego no STF, com a determinação de que fosse criada uma nova comissão para analisar o processo. Com informações de Metrópoles.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •