Foto - Divulgação
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Endel Assunção Lisboa, 26, acusada de participar do assassinato do motorista de aplicativo Jairo Rodrigues Lavareda Coser, 46, teve o flagrante convertido em prisão preventiva na tarde de sábado (2).

A suspeita foi presa da última sexta-feira (1). Na delegacia ela afirmou ter tido um relacionamento amoroso com a vítima e negou o crime. A polícia trabalha com duas linhas de investigações, crime passional e latrocínio (roubo seguido de morte).

O motorista de aplicativo Jairo Rodrigues Labareda Cose, 46, foi morto com cerca de 14 facadas e um tiro na cabeça na noite da última quinta-feira (31), na rua Ibiquara, bairro Mutirão, na Zona Norte de Manaus.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •