Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O deputado Adjuto Afonso (PDT), destacou na manhã desta quarta-feira, 2, a liberação pelo governo federal da segunda etapa do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), que vai ofertar R$ 12 bilhões adicionais para atender aos pequenos negócios durante o período da pandemia causada pelo Covid-19.

“O governo federal tem feito a sua parte quando aloca recursos para esse segmento tão importante para a economia do nosso país. Ontem, o Ministério da Economia anunciou mais R$ 12 bilhões do Pronampe, para ajudar as micro e pequenas empresas, e a gente sabe das dificuldades que esses empresários têm para ter acesso a esse crédito”, ressaltou o parlamentar que preside a Frente Parlamentar de Apoio as Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais (Frempeei).

O parlamentar fez um apelo às instituições financeiras responsáveis pela liberação. “Eu quero fazer um apelo às gerências de nosso estado, para que coloquem à disposição desses empreendedores as suas agências que estão no interior do estado ou mesmo aqui em Manaus, da mesma forma a Caixa Econômica e o Banco do Brasil também, que dispõe desse recurso”.

De acordo com informações no portal do governo federal, o “Pronampe está disponível para microempresas com faturamento de até R$ 360 mil por ano e empresas de pequeno porte com até R$ 4,8 milhões de faturamento anual, considerando a receita bruta de 2019. A taxa de juros anual é a Selic, mais 1,25% sobre o valor concedido. O prazo de pagamento é de 36 meses e a carência de até oito meses.”

A segunda etapa do programa contempla, ainda, uma nova linha de crédito destinada aos profissionais liberais que atuem como pessoa física durante o estado de calamidade pública.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •