(Imagem: Reprodução/Instagram)
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Adriane Galisteu recorreu às redes sociais no último domingo (28) para fazer uma postagem em comemoração ao Dia do Orgulho LGBTQ+. Para ilustrar o post, a apresentadora usou uma imagem em que aparece usando uma blusa com as cores da bandeira do movimento.

Apesar de ter declarado seu apoio à causa com a melhor das intenções, Galisteu acabou causando polêmica. No campo de comentários, alguns internautas problematizaram o apoio da loira por conta do fato dela supostamente ter votado em Bolsonaro nas últimas eleições. 

“Não adianta fazer marketing em favor de pessoas LGBTQIA+ e apoiar governo homofóbico que busca suprimir direitos dessa comunidade. Mais atitude consciente e humana. Essas coisas não lhe pertencem”, disparou um seguidor

“Gata, eu gostava muito de você! Mas depois da senhora apoiar Bolsonaro, não tem a menor coerência você postar essa foto hoje! É isso que chamamos de pink money! Quer lacrar dizendo que nos apaoia, mas na verdade apoia o governo que nos tira todos os direitos. Acorda, querida!”, alfinetou outro.

“A senhora sabe que o presidente que a senhora tanto idolatra repudia essa data , não é?”, acrescentou mais um, sem rodeios. 

Confira!

View this post on Instagram

#diadoorgulholgbtqia 🌈♥️

A post shared by Adriane Galisteu 🅰️ ✚ (@galisteuoficial) on

(Terra)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •